Apresentação do livro "Terminologia da mediação linguística"

-
Faro - Fnac do Forum Algarve
Share

"Terminologia da mediação linguística: métodos, práticas e atividades" é o título do livro que será apresentado no dia 23 de junho, pelas 18h00, na FNAC do Forum Algarve e via zoom colibri. A sessão contará com a presença dos organizadores da obra, Manuel Célio Conceição, da Universidade do Algarve, e Maria Teresa Zanola, da Università Cattolica del Sacro Cuore.

A apresentação do livro estará a cargo de Etienne Quillot, da Délégation Générale à la Langue Française eu aux Langues de France, Ministério da Cultura de França, e de Mirian Tavares, da Universidade do Algarve.

Com organização da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, da Editora da UAlg e FNAC, a iniciativa é de entrada gratuita.

Terminologia Mediação Linguística

Sobre o livro

A vida em sociedade estrutura-se, significativamente, por via de interações que transportam informação, alteram práticas, estabelecem conhecimentos e saberes. Trata-se de processos de mediação que unidades concetuais, linguísticas, discursivas e comunicativas permitem. Dos processos de verbalização em discursos e de avaliação do rigor concetual e linguístico dessas unidades se ocupa a dimensão do trabalho terminológico, que se expõe neste livro.

Na sequência de perto de três dezenas de comunicações apresentadas na Jornada Científica de Rede Panlatina de Terminologia (REALITER), na Universidade do Algarve, em setembro de 2019, publicam-se aqui textos que mostram a riqueza das discussões e a grande diversidade de perspetivas. Estes textos revelam métodos, práticas e atividades de trabalho terminológico, enquanto mediação, desenvolvidos sobre diferentes domínios e esferas de atividade, em múltiplos contextos de usos das línguas românicas e das suas variantes e mostram relações com outras línguas, de que o árabe é um exemplo.

Os resultados da descrição terminológica multilingue são o garante da manutenção da diversidade linguística e cultural e a essência da confiança que todos precisamos construir na mediação linguística e na comunicação, para afirmar a tolerância, o respeito e a paz.