Silhueta de pessoa indiferenciada

Renata Klautau Malcher de Araújo

Professor auxiliar
Faculdade de Ciências Humanas e Sociais
Subsistema
Docentes Universitário
Unidade ID externa
Centro de Humanidades (CHAM)
Regime
Exclusividade
Vínculo
CT em Funções Públicas por tempo indeterminado
Renata Malcher de Araujo is graduated in Architecture and Urbanism. She has a PhD from Universidade Nova de Lisboa in Art History (Early Modern Art, Architecture and Urbanism) (2001). Her research has mainly been developed within the areas of the history of colonial urbanization, history of cartography and heritage studies. She is currently a Professor at Universidade do Algarve, and integrated researcher of CHAM (Centro de Humanidades) of Universidade Nova de Lisboa and presently co-coordinates the project “Tecnoscientific Networks in the construction of the built environment in the Portuguese Empire (1647-1871)” founded by FCT. She is also a Professor at the PhD Program Heritage of Portuguese Influence at the Institute of Interdisciplinary Research of Universidade de Coimbra.

Atividades

Atividades
2022/02/03. Apresentação oral de trabalho. Araujo, Renata; Conceição, Margarida Tavares da; Faria, Alice Santiago, “Building expertise. Learning places in the Portuguese Empire”, comunicação apresentada no Learning Places TechNetEMPIRE International Conference. Lisboa, CAM_UNL, 3 e 4 de Fevereiro. . CHAM Centro de Humanidades, FCSH-UNL (Lisboa, Portugal).
2022/01/22. Júri de grau académico. Integra o júri de Mestrado em História e Patrimónios, UAlg, de José Valentim Viana Cordeiro com a dissertação A História da Capoeira no Algarve, orientada por Renata Araujo. . Orientador. José Valentim Viana Cordeiro (Mestrado). Universidade do Algarve Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.
2018 - 2021. Orientação. Coorientação (com José Eduardo Horta Correia) da dissertação de Mestrado em História e Patrimónios, UAlg, de Vasco Miguel Murta Soares Lopes intitulada As Ermidas Geminadas de Tavira: Calvário e São Pedro.História e Patrimónios (Mestrado). Coorientador.
2018 - 2021. Orientação. Coorientação (com José Eduardo Horta Correia) da dissertação de Mestrado em História e Patrimónios, UAlg, de Pedro Luís da Palma Pires intitulada Castro Marim na Época Moderna: Urbanismo e Urbanidade de uma Praça de Fronteira (séculos XVI – XVIII). .História e Patrimónios (Mestrado). Coorientador.
2018 - 2021. Orientação. Coorientação (com Cristina Tété Garcia) da dissertação de Mestrado em História e Patrimónios, UAlg, de Helena Isabel Serafim Gregório intitulada As Politicas de proteção do património cultural no Portugal Democrático. O caso do Algarve..História e Patrimónios (Mestrado). Coorientador.
2019 - 2021. Orientação. Orientação da dissertação de Mestrado em História e Patrimónios, UAlg, de José Valentim Viana Cordeiro intitulada A História da Capoeira no Algarve..História e Patrimónios (Mestrado). Orientador.
2021 - 2021. Arbitragem científica em revista. Nuevo Mundo. Mundos Nuevos (1626-0252). Institut des Sciences Humaines et Sociales du CNRS.
2021 - 2021. Arbitragem científica em revista. Tempo (1413-7704). Editora da UFF.
2021/12/16. Júri de grau académico. Integra o júri de Mestrado em Património, Universidade Nova de Lisboa, de Shirlei de Avelar França com a dissertação Património arquitetónico reabilitado e a dialética da memória coletiva, interesse público e sustentabilidade, orientada por Paula Alexandra Ochoa de Carvalho Telo. . Arguente. Shirlei de Avelar França (Mestrado). Universidade Nova de Lisboa Faculdade de Ciências Sociais e Humanas.
2021/11/21. Júri de grau académico. Integra o júri de Mestrado em História e Patrimónios, UAlg, de Maria Raquel Patrício Roxo com a dissertação Promontório de Sagres –Marca do património Europeu. Narrativas Patrimoniais, orientada por António Paulo Oliveira e Maria Alexandra Gonçalves. . Presidente do júri. Maria Raquel Patrício Roxo (Mestrado). Universidade do Algarve Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.
2021/11/11. Júri de grau académico. Integra o júri de Mestrado em História e Patrimónios, UAlg, de Helena Isabel Serafim Gregório com a dissertação As politicas de proteção do património cultural no Portugal democrático. O caso do Algarve, orientada por Cristina Tété Garcia e Renata Araujo. . Orientador. Helena Isabel Serafim Gregório (Mestrado). Universidade do Algarve Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.
2021/11/02. Júri de grau académico. Integra o júri de Mestrado em História e Patrimónios, UAlg, de Vasco Miguel Murta Soares Lopes com a dissertação As Ermidas Geminadas de Tavira: Calvário e São Pedro, orientada por José Eduardo Horta Correia e Renata Araujo . Orientador. Vasco Miguel Murta Soares Lopes (Mestrado). Universidade do Algarve Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.
2021/08/30. Júri de grau académico. Integra o júri de Doutoramento em História, Universidade Federal Fluminense de Aluísio Gomes Lessa com a tese Os olhos do rei nas terras do Sul: Ouvidores e a Incorporação da Fronteira Meridional da América Portuguesa (1608-1808), orientada por Maria Fernanda Bicalho . Arguente. Aluísio Gomes Lessa (Doutoramento). Universidade Federal Fluminense.
2021/07/07. Júri de grau académico. Integra o júri de Doutoramento em História: mudança e continuidade num mundo global, ISCTE-IUL (PIUDH), de Andreia Lopes Fidalgo com a tese A Restauração do Reino do Algarve: reformismo económico nos finais do Antigo Regime, orientada por José Joaquim Vicente Serrão . Arguente. Andreia Lopes Fidalgo (Doutoramento). ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa.
2021/02/21. Júri de grau académico. Integra o júri de Doutoramento em História, Universidade de Évora, de Daniela Sofia Nunes Pereira com a tese Os espaços de mercado nas cidades portuguesas entre os séculos XVI e XVIII, orientada por João Brigola e Eduardo Duarte. . Arguente principal. Daniela Sofia Nunes Pereira (Doutoramento). Universidade de Évora.
2020 - 2020. Arbitragem científica em revista. Oculum Ensaios (2318-0919). "Cadernos de Fe e Cultura, Oculum Ensaios, Reflexao, Revista de Ciencias Medicas e Revista de Educacao da PUC-Campinas".
2020 - 2020. Arbitragem científica em revista. Anais do Museu Paulista História e Cultura Material (0101-4714). SciELO.
2020 - 2020. Outro júri / avaliação. Integra o júri do procedimento concursal de seleção internacional para o provimento do cargo de direção intermédia de 2.o grau como diretor da Fortaleza de Sagres e Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe, serviço dependente da Direção Regional de Cultura do Algarve.. Direção-Geral do Património Cultural.
2020/12/11. Júri de grau académico. Integra o júri de Doutoramento em Comunicação, Cultura e Artes, Universidade do Algarve, de Ariadne Barreto Pignaton com a tese Os retábulos capuchos das províncias da Piedade e da Soledade, orientada por José António da Conceição dos Santos. . Vogal. Ariadne Barreto Pignaton (Doutoramento). Universidade do Algarve.
2020/11/13 - 2020/11/14. Membro de comissão. Integra a comissão científica do II Workshop TechNetEMPIRE: Redes, Pessoas e Instituições. Online, 13 e 14 de Novembro. . Membro. Universidade Nova de Lisboa Faculdade de Ciências Sociais e Humanas.
2020/07/14. Júri de grau académico. Integra o júri de Doutoramento em Arquitetura, perfil Patromínio Arquitetónico, Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto, de Cláudia Cristina Gomes Duarte com a tese O Território como Sistema: Governo do Espaço e Arquitetura da Companhia de Jesus na Capitania do Espírito Santo (séculos XVI-XVIII), orientada por Carla Alexandra Garrido de Oliveira, Nelson Porto Ribeiro, Renata Maria de Almeida Martins.. Arguente. Cláudia Cristina Gomes Duarte (Doutoramento). Universidade do Porto Faculdade de Arquitectura.
2017 - 2019. Orientação. Coorientação (com Susana Goméz Martínez) da dissertação de Mestrado em História e Patrimónios, UAlg, de Teresa Mendes Sequeira intitulada Património de Mértola: Olhar o passado, pensar o presente e planear o futuro – Catálogo de instrumentos jurídicos de suporte às políticas patrimoniais. .Mestrado em História e Patrimónios (Mestrado). Coorientador.
2019. Júri de grau académico. Integra o júri do Mestrado em História e Patrimónios, UAlg, de Carlos Alberto Louçã Rodrigues, com a tese Retábulos da Ilha de Santa Maria – Açores, orientada por Francisco Lameira.. Carlos Alberto Louçã Rodrigues (Mestrado). Universidade do Algarve Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.
2019/11/27. Apresentação oral de trabalho. Conexões macro territoriais na formação do ambiente construído no Império Português. 2º. Congreso Iberoamericano de Historia Urbana.
2019/11/15 - 2019/11/16. Organização de evento. Preside a comissão organizadora e integra a comissão científica do XXXIX Encontro da Associação Portuguesa de História Económica e Social (APHES). Circulações: Entre o local e o global. (2019). Universidade do Algarve Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.
2019/10/07 - 2019/10/07. Organização de evento. Integra a comissão organizadora do I Workshop TechNetEMPIRE. Lisboa, FCSH, Colégio Almada Negreiros, 7 de Outubro de 2019 (2019). CHAM Centro de Humanidades.
2019/07/26. Apresentação oral de trabalho. Structures of knowledge and technoscientific networks in the construction of the Portuguese empire (1647-1871). 46th annual meeting of the International Committee for the History of Technology (ICOHTEC).
2019/04/05. Apresentação oral de trabalho. Os vários nós do nós. Brasileiros e índios no labirinto da memória. Colloquium Heritage(s) of Portuguese Influence: Histories, Spaces, Texts, and Objects. UMass Dartmouth (Dartmouth, Estados Unidos).
2019/04/04. Apresentação oral de trabalho. Património e assombrações: quem tem medo de fantasmas?. Os Desafios do Património: Portugal, África, Brasil, Ásia. Department of Portuguese and Brazilian Studies, Brown University (Providence, Estados Unidos).
2019/03/15. Apresentação oral de trabalho. O mais que a cinge é tudo mato. Colóquio International Pequenas Cidades e ambiente. Da Idade Média à Época Contemporânea.
2014 - 2018. Orientação. Coorientação (com João Vieira Caldas) da Tese de Doutoramento em Arquitetura, no Instituto Superior Técnico, de Mafalda Pacheco, intitulada Fuzeta – um núcleo urbano piscatório singular. Tese defendida em 18 de Julho de 2018..Doutoramento em Arquitetura (Doutoramento). Coorientador.
2013 - 2018. Orientação. Coorientação (com António Manuel Hespanha e Magnus Roberto de Mello Pereira) do Projeto de Pós-Doutoramento de Sandra Mara Gameiro Pinto, intitulado Regular, verificar e atuar. Tradição e mutação nas operações urbanísticas em Portugal e Brasil (1822- 1917). Projeto integrado no CHAM- UNL-UAç / CEDOPE-UFPR (SFR/BPD/84349/2012)..Projeto de Pós-Doutoramento (Outra). Coorientador.
2012 - 2018. Orientação. Coorientação (com Luísa Trindade) do Projeto de Pós-Doutoramento de Antonieta Ferreira Reis Leite Porto, intitulado 10 Vilas de Fundação nos Açores (séc. XVI): Urbanística e Ordenamento do Território na colonização do Atlântico. Projeto integrado no CES-UC / CHAM-UNL-UAç (SFRH/BPD/93497/2013)..Projeto de Pós-Doutoramento (Outra). Coorientador.
2018. Júri de grau académico. Integra o júri de Doutoramento em Patrimónios de Influência Portuguesa. Especialidade Arquitetura e Urbanismo, Universidade de Coimbra, de Vera Mónica Gaspar Domingues com a tese Cultura e Património Urbanísticos de Influência Portuguesa na Ásia 1503-1663, orientada por Walter Rossa e Luísa Trindade.. Vogal. Vera Mónica Gaspar Domingues (Doutoramento). Universidade de Coimbra.
2018 - 2018. Arbitragem científica em revista. e-Journal of Portuguese History (1645-6432).
2018 - 2018. Arbitragem científica em revista. Revista Brasileira de História (0102-0188). SciELO.
2018 - 2018. Arbitragem científica em revista. GOT - Geography and Spatial Planning Journal (2182-1267). CEGOT - Center of Studies on Geography and Spatial Planning.
2018. Júri de grau académico. Integra o júri do Master Territoires, Espaces et Societés, École des Hautes Etudes en Sciences Sociales, Paris, de Alexandrina Striffling-Marcu, com a tese Conflits d’existences: une patrimonialisation de l’habitat ouvrier a la rencontre entre politiques et démarches citoyennes. Les cas des cites ouvrières et de chalets de l’État de São Paulo au Brésil, orientada por Cláudia Damasceno Fonseca.. Alexandrina Striffling-Marcu (Mestrado). Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales.
2018. Júri de grau académico. Integra o júri do Mestrado em História do Império Português, Universidade Nova de Lisboa, de Simona Costa, com a tese Economia, sociedade e urbanização em Minas Gerais (séculos XVIII – XIX). Vila Rica, futura Outro Preto, e a sua rua principal, orientada por Roberta Giannubilo Stumpf.. Simona Costa (Mestrado). Universidade Nova de Lisboa Faculdade de Ciências Sociais e Humanas.
2018/11/08. Apresentação oral de trabalho. everything around it, it's all bush. Colloque International Les fondations de villes sur les littoraux américains – projets, expériences, adaptations. Les cas du Brésil et des Etats-Unis (XVIe- XIXe siècles). . Université de La Rochelle (CRHIA) (La Rochelle, França).
2018/04/10. Apresentação oral de trabalho. La mémoire des villes, le futur du prétérit. Foncier, villes et territoires au Brésil : histoire et historiographie. Approches régionales et perspectives transnationales. EHESS (Paris, França).
2018/04/09. Apresentação oral de trabalho. Aurea mediocritas: le Brésil urbain au début du XIXe siècle dans la Corografia Brasílica. séminaire Histoire du Brésil XVIe-XXIe siècle. Historiographie, enquêtes en cours . EHESS (Paris, França).
2018/03/27. Apresentação oral de trabalho. Itapecuru, « le chemin des pierres » et les nouveaux Portugais. séminaire Foncier, villes et territoires au Brésil : histoire et historiographie. Approches régionales et perspectives transnationales. EHESS (Paris, França).
2018/03/23. Apresentação oral de trabalho. L’Etat du Gra~o Para´ et Maranha~o: l’idée de territoire et de capitale en Amazonie entre le XVIIe et le XVIIIe siècle. Journée d'Etudes: "Territoires et sociétés en Amazonie: approches récentes en histoire et en anthropologie. EHESS (Paris, França).
2018/01/18. Apresentação oral de trabalho. As novas vilas da Amazónia no século XVIII: os primeiros anos. Colloque International Petites villes et cohésion territoriale dans l'Europe du sud et dans l'espace atlantique sur la longue durée. Évolutions historiographiques, propositions méthodologiques, pistes de recherche. Casa de Velázquez (Madrid, Espanha).
2016 - 2017. Orientação. Orienta Alanna Souto Cardoso nas suas pesquisas em Portugal para o seu projeto de Tese de Doutoramento intitulado Por uma cartografia Etno-histórica da Amazônia Colonial (século XVIII e XIX). Projeto inserido no Programa de Pós-Graduação do Núcleo de Altos Estudos Amazónicos da Universidade Federal do Pará, com a orientação de Rosa E. Acevedo Marin. A tese foi defendida e aprovada em 2018.. Coorientador.
2017. Júri de grau académico. Integra do Júri de Doutoramento em Estudos Urbanos, Universidade Nova de Lisboa, de Miguel Sérgio da Costa Ferreira Monteiro de Barros, com a tese São José, Bairro Tridentino, orientada por Joana Cunha Leal e Margarida Tavares da Conceição.. Arguente. Miguel Sérgio da Costa Ferreira Monteiro de Barros (Doutoramento). Universidade Nova de Lisboa Faculdade de Ciências Sociais e Humanas.
2017. Júri de grau académico. Integra o júri de Doutoramento em Arquitetura e Urbanismo. Área de concentração Conservação e Restauro, Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal da Bahia de Fernanda Contarini Maitan, com a tese Jardins Celestes, Jardins Terrenos: a conversão jesuíta e a ocupação do território na “banda sul” do Brasil, orientada por Luiz António Fernandes Cardoso e Eugénio de Ávila Lins.. Arguente. Fernanda Contarini Maitan (Doutoramento). Universidade Federal da Bahia Faculdade de Arquitetura.
2017. Júri de grau académico. Integra o júri de Doutoramento em Comunicação, Cultura e Artes, Universidade do Algarve, de Rui Francisco de Brion Ramirez Sanches, com a tese Janela, espelho, mapa ... a obra de arte e o mundo, reflexão sobre o projeto artístico individual, orientada por Manuel Viana Botelho e Miriam Estela Nogueira Tavares.. Vogal. Rui Francisco de Brion Ramirez Sanches (Doutoramento). Universidade do Algarve Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.
2017 - 2017. Arbitragem científica em revista. Histoire urbaine (2101-003X). CAIRN.
2017 - 2017. Arbitragem científica em revista. Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais (2317-1529). Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais (RBEUR).
2017/11/27. Apresentação oral de trabalho. Luís Pinto de Sousa Coutinho no Mato Grosso: as memórias geográficas e as recomendações a Luís de Albuquerque de Melo Pereira e Cáceres. Colóquio O 1º Visconde de Balsemão (1735-1804): Humanismo, Diplomacia e Reformas na Era das Revoluções. Biblioteca Pública Municipal do Porto (Porto, Portugal).
2017/11/18. Apresentação oral de trabalho. A Urbanidade dos filhos da selva: a criação de ‘vilas de índios’ na América Portuguesa. XXXVII Encontro da Associação Portuguesa de História Económica e Social . APHES (Funchal, Portugal).
2017/10/12 - 2017/10/14. Organização de evento. Integra a comissão científica do VI FAUR Fórum Luso-Brasileiro de Arqueologia Urbana. Faro, Universidade do Algarve, 12 a 14 de Outubro de 2017. (2017). Universidade do Algarve Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.
2017/07/19 - 2017/07/29. Curso / Disciplina lecionado. Integra como professor as Oficinas de Muhipiti: planeamento estratégico, património, desenvolvimento, ação de cooperação entre as Universidades Lúrio (Moçambique) e de Coimbra que decorreu na Ilha de Moçambique entre 19 e 29 de Julho de 2017..
2017/03 - 2017/06. Curso / Disciplina lecionado. Leciona na Universidade de Coimbra, com João Carlos Garcia, a disciplina Processos e Territórios da Expansão Colonial Portuguesa no programa de doutoramento Patrimónios de Influência Portuguesa (Centro de Estudos Sociais e Instituto de Investigação Interdisciplinar da Universidade de Coimbra) . Patrimónios de Influência Portuguesa (Doutoramento). Universidade de Coimbra.
2014 - 2016. Orientação. Coorientação (com José Eduardo Horta Correia) da Dissertação de Mestrado em História do Algarve, UAlg de Jorge Palma, intitulada Desenvolvimento Urbano de Loulé. Do período Medieval ao fim da época moderna..Mestrado em História do Algarve (Mestrado). Coorientador.
2015 - 2016. Orientação. Orienta Damião Esdras Araújo Arraes nas suas pesquisas em Portugal para o seu projeto de Tese de Doutorado intitulado Ecos de um suposto silêncio: paisagem e urbanização nos “Certoens” das capitanias do Norte e do Estado do Maranhão, Projeto inserido no Programa de pós-graduação em Arquitetura Urbanismo Universidade de São Paulo, com a orientação de Beatriz Piccoloto Siqueira Bueno. A tese foi defendida e aprovada em 2017.. Coorientador.
2015 - 2016. Orientação. Orienta Renata Inês Passos da Silva nas suas pesquisas em Portugal para o seu projeto de Tese de Doutorado intitulado A apreeensão do espaço urbano a partir das narrativas urbanas e dos mapas sensoriais Projeto inserido no Programa de pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal da Bahia com a orientação de Eloísa Petti Pinheiro e Solange Sousa Araújo.. Coorientador.
2016. Júri de grau académico. Integra o júri de Doutoramento em Geografia. Especialidade em Geografia Humana, Universidade de Lisboa. Instituto de Geografia e Ordenamento do Território, de Jonathan Félix Ribeiro Lopes, com a tese Cartografia histórica e geopolítica do espaço brasileiro no contexto da colonização da América do Sul (séculos XVI-XVIII), orientada por Francisco Manuel de Paula Nogueira Roque de Oliveira. . Arguente. Jonathan Félix Ribeiro Lopes (Doutoramento). Universidade de Lisboa Instituto de Geografia e Ordenamento do Território.
2016. Júri de grau académico. Integra o Júri de Doutoramento em Urbanismo, Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Centro de Ciências Exatas, Ambientais e de Tecnologia. Programa de Pós Graduação em Urbanismo de Dirceu Piccinato Júnior, com a tese Em chão urbano, o senhorio é santo. Urbanização e aforamento de terras no Bispado do Ribeirão Preto entre o Brasil Império e a Primeira República, orientada por Ivone Salgado.. Arguente. Dirceu Piccinato Júnior (Doutoramento). Pontifícia Universidade Católica de Campinas.
2016. Júri de grau académico. Integra o júri de Doutoramento em História e Património, Universidade do Algarve, de Mónica Esteves Reis, com a tese De Portugal para a Índia. O percurso da arte retabular na antiga província do Norte em Goa: inventário artístico do retábulo no Taluka de Tiswadi, orientada por Francisco Lameira.. Vogal. Mónica Esteves Reis (Doutoramento). Universidade do Algarve Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.
2016 - 2016. Arbitragem científica em revista. Revista do Instituto de Estudos Brasileiros (2316-901X). "Universidade de Sao Paulo, Agencia USP de Gestao da Informacao Academica (AGUIA)".
2016 - 2016. Arbitragem científica em revista. Brésil(s) (2425-231X). OpenEdition.
2016 - 2016. Arbitragem científica em revista. Anais do Museu Paulista História e Cultura Material (0101-4714). SciELO.
2016. Júri de grau académico. Integra o júri de Mestrado em História do Algarve, UALG, de Jorge Palma, com tese Desenvolvimento Urbano de Loulé. Do período Medieval ao fim da época moderna, orientada por Renata Araujo e José Eduardo Horta Correia. Jorge Palma (Mestrado). Universidade do Algarve Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.
2016 - Presente. Membro de comissão. Integra o conselho editorial da Revista Monumentos (DGPC).. Membro. Direção-Geral do Património Cultural.
2016/11/19. Apresentação oral de trabalho. Entre o Maranhão e o Brasil: reflexões acerca da criação de vilas e da construção territorial da América Portuguesa. XXXVI Encontro da Associação Portuguesa de História Económica e Social . APHES (Porto, Portugal).
2016/10/13 - 2016/10/14. Organização de evento. Integra a comissão organizadora do Colóquio A Imagem de Lisboa. O Tejo e as leis zenonianas da vista do mar, Lisboa, Centro de Informação Urbana de Lisboa. (2016).
2016/10/13. Apresentação oral de trabalho. O Tejo não é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia. Colóquio A Imagem de Lisboa. O Tejo e as leis zenonianas da vista do mar. Centro de Informação Urbana de Lisboa (Lisboa, Portugal).
2016/02/25. Apresentação oral de trabalho. O ser de pernas. Seminário Interdisciplinar Modos de Caminhar. Biblioteca Nacional de Portugal (Lisboa, Portugal).
2014 - 2015. Orientação. Orienta Dirceu Piccinato Júnior nas suas pesquisas em Portugal para o seu projeto de Tese de Doutorado intitulado Em Chão Urbano, o senhorio é santo: urbanização e aforamento nas terras do Bispado de Ribeirão Preto, 1833-1916, Projeto inserido no Programa de pós- graduação em Urbanismo da Pontifícia Universidade Católica de Campinas, São Paulo, Brasil com a orientação de Ivone Salgado. A tese foi defendia e aprovada em 2016.. Coorientador.
2015. Júri de grau académico. Integra o júri de Doutoramento em Arquitetura. Especialidade Teoria e História da Arquitetura, Universidade de Coimbra de Rogério Paulo Vieira de Almeida, com a tese A Nuvem e Juno. Praças e cultura urbana no sul de Portugal no início da Idade Moderna, orientada por José Eduardo Horta Correia e Walter Rossa.. Arguente. Rogério Paulo Vieira de Almeida (Doutoramento). Universidade de Coimbra.
2015 - 2015. Arbitragem científica em revista. Revista de História (2316-9141). "Universidade de Sao Paulo, Agencia USP de Gestao da Informacao Academica (AGUIA)".
2015. Júri de grau académico. Integra o júri de Mestrado em Design de Interiores, Escola Superior de Artes Decorativas. Fundação Ricardo Espírito Santo, de Beatriz Cidade Medeiros Camacho, com a tese Vila Conceição Proposta de reabilitação para turismo em espaço rural, orientada por Helder Carita e Pedro Rodrigues.. Beatriz Cidade Medeiros Camacho (Mestrado). Escola Superior de Artes Decorativas.
2015 - 2015. Curso / Disciplina lecionado. Leciona na Universidade de Coimbra, com Walter Rossa, a disciplina Processos e Territórios da Expansão Colonial Portuguesa no programa de doutoramento Patrimónios de Influência Portuguesa (Centro de Estudos Sociais e Instituto de Investigação Interdisciplinar da Universidade de Coimbra) . Patrimónios de Influência Portuguesa (Doutoramento). Universidade de Coimbra Instituto de Investigação Interdisciplinar.
2015/12/01. Apresentação oral de trabalho. António José Landi ‘egli solo resto nel Murticu’. International Congress Da Bologna all'Europa. Artisti bolognesi in Portogallo (XVI-XIX secolo).
2015/11/24. Apresentação oral de trabalho. O Maranhão e o Grão Pará e as suas capitais. Seminário Permanente O Atlântico Ibero-Americano (sécs. XVI – XX) perspetivas historiográficas recentes . Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (Lisboa, Portugal).
2015/11/04 - 2015/11/07. Organização de evento. Integra a comissão científica do VI Simpósio Luso-Brasileiro de Cartografia Histórica Braga, Universidade do Minho, 4 a 7 de Novembro de 2015 (2015). Universidade do Minho.
2015/10/27. Apresentação oral de trabalho. Património e Conhecimento: Arte e Arquitetura. Conferência Internacional por ocasião do 10º Aniversário da Convenção de Faro. Património Cultural, Conhecimento e Cidadania. UAlg (Faro, Portugal).
2015/07/03. Apresentação oral de trabalho. Viagens na minha terra. Olhares estéticos sobre a transformação da selva. Colóquio Viagens. Produtos e Consumos Artísticos. O Espaço Ultramarino Português 1450-1900. . CHAM / Santa Casa de Misericórdia das Velas. (São Jorge, Velas, Portugal).
2015/06/29. Apresentação oral de trabalho. O Grão-Pará e o Maranhão e as suas capitais. Seminário Capitalidade, Urbanismo, Sociabilidade e Património: cidade e território no império português e no Brasil. Universidade Federal Fluminense / Casa de Rui Barbosa (Rio de Janeiro, Brasil).
2015/03/06. Apresentação oral de trabalho. Entre o Guadiana e o Paraguai: as cidades e os mapas. IV Workshop Internacional Historia da Cartografia Ibérica. Institut Cartogràfic i Geològic de Catalunya (Barcelona, Espanha).
2012 - 2014. Orientação. Coorientação (com Alexandre Barata) da Dissertação de Mestrado em Comunicação, Cultura e Artes, Especialização em Imagem, UALG de Mariana Madeira intitulada Anti mapping O Simulacro como criador de sistemas..Mestrado em Comunicação, Cultura e Artes (Mestrado). Coorientador.
2012 - 2014. Orientação. Coorientação (com António Rosa Mendes) da Dissertação de Mestrado em História do Algarve, UAlg de Fernando Pessanha, intitulada As Guarnições Militares nas Praças Portuguesas da Região da Duquela no Algarve d’além Mar..Mestrado em História do Algarve (Mestrado). Coorientador.
2013 - 2014. Orientação. Orienta Fernanda Contarini Maitan nas suas pesquisas em Portugal para o seu projeto de Tese de Doutorado intitulado Jardins Celestes Jardins Terrenos a conversão jesuíta e a ocupação do território na “banda sul” do Brasil. Projeto inserido no programa de pós- graduação em Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal da Bahia com a orientação de Eugénio de Ávila Lins. A tese foi defendida e aprovada em 2017.. Coorientador.
2014 - 2014. Arbitragem científica em revista. REVISTA DE HISTORIOGRAFÍA (RevHisto) (2445-0057). Universidad Carlos III de Madrid.
2014. Júri de grau académico. Integra o júri do Mestrado em Comunicação, Cultura e Artes. Especialização em Imagem, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve, de Mariana Madeira, com a tese ANTI MAPPING O simulacro como criador de Sistemas, orientada por Renata Araujo e Alexandre Barata.. Mariana Madeira (Mestrado). Universidade do Algarve Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.
2014. Júri de grau académico. Integra o júri de Mestrado em História do Algarve, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve, de Fernando Pessanha, com a tese As Guarnições Militares nas Praças Portuguesas da Região da Duquela no Algarve d’além Mar, orientada por Renata Araujo e António Rosa Mendes.. Fernando Pessanha (Mestrado). Universidade do Algarve Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.
2013 - 2014. Curso / Disciplina lecionado. Leciona na Universidade de Coimbra a disciplina Da América Portuguesa ao Brasil – Territórios e Identidades no programa de doutoramento Patrimónios de Influência Portuguesa (Centro de Estudos Sociais e Instituto de Investigação Interdisciplinar da Universidade de Coimbra) . Patrimónios de Influência Portuguesa (Doutoramento). Universidade de Coimbra Instituto de Investigação Interdisciplinar.
2014/06/13. Apresentação oral de trabalho. Influência, Origem, Matriz. Colóquio Internacional Doutoramento Patrimónios de Influência Portuguesa – Conceitos e Instrumentos. Universidade de Coimbra (Coimbra, Portugal).
2011 - 2013. Orientação. Coorientação (com José Eduardo Horta Correia) da Dissertação de Mestrado em História da Arte. Especialidade História da Arte Portuguesa, UAlg de Mateus Laranjeira, intitulada Casas de Câmara e Cadeia nos Açores..Mestrado em História da Arte (Mestrado). Coorientador.
2010 - 2013. Orientação. Coorientação (com José Eduardo Horta Correia) da Dissertação de Mestrado em História da Arte. Especialidade História da Arte Portuguesa, UAlg de Suzinda do Nascimento Correia Neves, intitulada Duas Casas Nobres do Antigo Regime em Loulé. .Mestrado em História da Arte (Mestrado). Coorientador.
2013. Júri de grau académico. Integra o júri de Doutoramento em História da Arte, Universidade Nova de Lisboa, de Adélia Maria Caldas Carreira, com a tese Lisboa de 1731 a 1833: Da desordem à ordem no espaço urbano, orientada por Raquel Henriques da Silva.. Arguente. Adélia Maria Caldas Carreira (Doutoramento). Universidade Nova de Lisboa Faculdade de Ciências Sociais e Humanas.
2013 - 2013. Arbitragem científica em revista. Revista de História da Arte (1646-1762).
2013 - 2013. Arbitragem científica em revista. Revista de História (2316-9141). "Universidade de Sao Paulo, Agencia USP de Gestao da Informacao Academica (AGUIA)".
2013. Júri de grau académico. Integra o júri de Mestrado em Património, Universidade Nova de Lisboa, de Maria de Lourdes Henriques Raposo, com a tese A Valorização do Património edificado nas políticas de reabilitação urbana. A propósito da Casa Julio de Castilho, orientada por António Camões Gouveia. . Maria de Lourdes Henriques Raposo (Mestrado). Universidade Nova de Lisboa Faculdade de Ciências Sociais e Humanas.
2013. Júri de grau académico. Integra o júri de Mestrado em História da Arte. Especialidade História da Arte Portuguesa, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve, de Mateus Laranjeira, com a tese Casas de Câmara e Cadeia nos Açores, orientada por Renata Araujo e José Eduardo Horta Correia.. Mateus Laranjeira (Mestrado). Universidade do Algarve Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.
2013. Júri de grau académico. Integra o júri de Mestrado em História da Arte. Especialidade História da Arte Portuguesa, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve, de Suzinda do Nascimento Correia Neves, com a tese Duas Casas Nobres do Antigo Regime em Loulé, orientada por Renata Araujo e José Eduardo Horta Correia.. Suzinda do Nascimento Correia Neves (Mestrado). Universidade do Algarve Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.
2013/12/05. Apresentação oral de trabalho. Património, influência, origem, matriz. Colóquio Patrimónios de Influência Portuguesa. Universidade de Bolonha (Bolonha, Itália).
2013/11/03. Apresentação oral de trabalho. Às portas do paraíso. Mais que aldeia menos que vila, o purgatório da utopia. Colóquio Internacional Arte & Utopia. Universidade Nova de Lisboa (Lisboa, Portugal).
2013/04/18 - 2013/04/19. Organização de evento. Integra a comissão científica do II Workshop Internacional História da Cartografia Ibérica: Velhos Mapas, Novas Abordagens. Lisboa, Biblioteca Nacional de Portugal, 18 a 19 de Abril de 2013. (2013). Biblioteca Nacional de Portugal.
2013/01/17 - 2013/01/18. Organização de evento. Integra a comissão científica do colóquio Internacional Artes e Ciências em dialogo, Faro, Universidade do Algarve, FCHS, 17 a 18 de Janeiro de 2013. (2013). Universidade do Algarve Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.
2010 - 2012. Orientação. Coorientação (com José Eduardo Horta Correia) da Dissertação de Mestrado em História da Arte. Especialidade História da Arte Portuguesa, UAlg de Daniela Sofia Nunes Pereira, intitulada Evolução Urbanística de Lagos..Mestrado em História da Arte (Mestrado). Coorientador.
2010 - 2012. Orientação. Coorientação (com José Eduardo Horta Correia) da Dissertação de Mestrado em História da Arte. Especialidade História da Arte Portuguesa, UAlg de Marco Sousa Santos, intitulada A Igreja de Nossa Senhora da Luz de Tavira..Mestrado em História da Arte (Mestrado). Coorientador.
2012. Júri de grau académico. Integra o júri de Doutoramento em Arquitetura, Universidade de Coimbra, de Antonieta Reis Leite, com a tese Açores Cidade e Território quatro vilas estruturantes, orientada por Walter Rossa e Luísa Trindade.. Arguente. Antonieta Ferreira Reis Leite Porto (Doutoramento). Universidade de Coimbra.
2012. Júri de grau académico. Integra o júri de Doutoramento em Arquitetura, Instituto Superior Técnico, de Maria Isabel Whitton da Terra Soares de Albergaria, com a tese A Casa Nobre na Ilha de S. Miguel: do Período Filipino ao Final do Antigo Regime, orientada por João Vieira Caldas e Manuel Sílvio Conde.. Arguente. Maria Isabel Whitton da Terra Soares de Albergaria (Doutoramento). Universidade de Lisboa Instituto Superior Técnico.
2012. Júri de grau académico. Integra o júri de Mestrado em História da Arte. Especialidade História da Arte Portuguesa, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve, de Daniela Sofia Nunes Pereira, com a tese Evolução Urbanística de Lagos, orientada por Renata Araujo e José Eduardo Horta Correia. . Daniela Sofia Nunes Pereira (Mestrado). Universidade do Algarve Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.
2012. Júri de grau académico. Integra o júri de Mestrado em História da Arte. Especialidade História da Arte Portuguesa, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve, de Marco Sousa Santos, com a tese A Igreja de Nossa Senhora da Luz de Tavira, orientada por Renata Araujo e José Eduardo Horta Correia. Marco Sousa Santos (Mestrado). Universidade do Algarve Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.
2012. Júri de grau académico. Integra o júri de Mestrado em Design de Interiores, Escola Superior de Artes Decorativas Fundação Ricardo Espírito Santo, de João Ricardo Morri, com a tese Exposição Itinerante / Portugal e Ásia, orientada por Helder Carita e João Santa-Rita. . João Ricardo Mori (Mestrado). Escola Superior de Artes Decorativas.
2012. Júri de grau académico. Integra o júri de Mestrado em História da Arte. Especialidade História da Arte Portuguesa, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve, de Cristina Isabel Passos Ribeiro Fé Santos, com a tese Contributo para o estudo dos sacrários barrocos em Portugal, orientada por Francisco Lameira.. Cristina Isabel Passos Ribeiro Fé Santos (Mestrado). Universidade do Algarve Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.
2012. Júri de grau académico. Integra o júri de Mestrado em História da Arte. Especialidade História da Arte Portuguesa, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve de João Rogério Malato Canha e Sá, com a tese Retábulos da Companhia de Jesus em Luanda e Ilha de Moçambique, orientada por Francisco Lameira.. João Rogério Malato Canha e Sá (Mestrado). Universidade do Algarve Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.
2012. Júri de grau académico. Integra o júri de Mestrado em História da Arte. Especialidade História da Arte Portuguesa, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve, de Jorge Manuel dos Santos Manhita, com a tese Os Retábulos da Igreja Matriz do Divino Espírito Santo do Montijo, orientada por Francisco Lameira. . Jorge Manuel dos Santos Manhita (Mestrado). Universidade do Algarve Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.
2012. Júri de grau académico. Integra o júri de Mestrado em História da Arte. Especialidade História da Arte Portuguesa, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve, de José Gonçalo Nobre Duarte da Silva, com a tese A Igreja Matriz de Monchique, orientada por José Eduardo Horta Correia e Francisco Teixeira.. José Gonçalo Nobre Duarte da Silva (Mestrado). Universidade do Algarve Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.
2012. Júri de grau académico. Integra o júri de Mestrado em História da Arte. Especialidade História da Arte Portuguesa, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve, de Ana Isabel Pratas com a tese O Retábulo no Concelho de Mafra. Expressão artística nos séculos XVII e XVIII, orientada por Francisco Lameira.. Ana Isabel Pratas (Mestrado). Universidade do Algarve Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.
2011 - 2012. Curso / Disciplina lecionado. Leciona na Universidade de Coimbra a disciplina As partes e o Todo: O Brasil antes e depois do Brasil, consciência identitária e território no programa de doutoramento Patrimónios de Influência Portuguesa (Centro de Estudos Sociais e Instituto de Investigação Interdisciplinar da Universidade de Coimbra) . Patrimónios de Influência Portuguesa (Doutoramento). Universidade de Coimbra Instituto de Investigação Interdisciplinar.
2012 - Presente. Membro de comissão. Integra o Conselho Executivo e o Conselho Editorial do Portal interativo: H.P.I.P. (Heritage of Portuguese Infuence / Património de Influência Portuguesa). URL: www.hpip.org/. Membro. Fundação Calouste Gulbenkian.
2012/11/22. Apresentação oral de trabalho. Lisboa levantada do chão. IV Congresso de História da Arte Portuguesa – Homenagem a José-Augusto França. Fundação Calouste Gulbenkian (Lisboa, Portugal).
2012/09/11 - 2012/09/14. Organização de evento. Integra a comissão científica do IV Simpósio Ibero Americano de História da Cartografia – Cartógrafos para toda a Terra. Produção e Circulação do saber cartográfico, Lisboa, Biblioteca Nacional de Portugal, 11 a 14 de Setembro de 2012. (2012). Biblioteca Nacional de Portugal.
2012/09/12. Apresentação oral de trabalho. As cidades (in)visíveis: a representação urbana em mapas do Brasil. IV Simpósio Ibero-Americano de História da Cartografia. Biblioteca Nacional de Portugal (Lisboa, Portugal).
2012/09/04. Apresentação oral de trabalho. El Rei Nosso Senhor mandou pelos conselheiros do seu Conselho Ultramarino. IV Encontro Internacional de História Colonial. Universidade Federal do Pará (Belém, Brasil).
2012/08/06. Apresentação oral de trabalho. Geografias descritas: cidades, vilas e povoações nos relatos, roteiros e corografias do final do século XVIII e início do XIX. III Encontro Cidades latino-americanas do século XVI ao XIX. Casa de Rui Barbosa (Rio de Janeiro, Brasil).
2012/08/02. Apresentação oral de trabalho. Pedras, papel, viagens e memória. Mesa Redonda A arquitetura portuguesa no traço de Lúcio Costa – bloquinhos de Portugal. Caixa Cultural (Rio de Janeiro, Brasil).
2009 - 2011. Orientação. Coorientação (com José Eduardo Horta Correia) da Dissertação de Mestrado em História da Arte. Especialidade História da Arte Portuguesa, UAlg de Tânia Cabecinha Rodrigues, intitulada Faro na época moderna: do urbanismo à arquitetura. .Mestrado em História da Arte (Mestrado). Coorientador.
2009 - 2011. Orientação. Coorientação (com José Eduardo Horta Correia) da Dissertação de Mestrado em História da Arte. Especialidade História da Arte Portuguesa, UAlg de Sandra Romba, intitulada Evolução Urbana de Olhão. .Mestrado em História da Arte (Mestrado). Coorientador.
2011. Júri de grau académico. Integra o júri de Doutoramento em Arquitectura, Universidad de Sevilla. Escuela Técnica Superior de Arquitetura, de Rui Miguel Marques dos Santos Rodrigues, com a tese Las Quintas como sistema de estruturacion del território de Portugal. El caso de la quinta do senhor da serra. Analisis arquitectónico y territorial, orientada por Francisco Pinto Puerto.. Arguente. Rui Miguel Marques dos Santos Rodrigues (Doutoramento). Universidad de Sevilla.
2011 - 2011. Arbitragem científica em revista. Anais do Museu Paulista História e Cultura Material (0101-4714). SciELO.
2011. Júri de grau académico. Integra o júri de Mestrado em História da Arte. Especialidade História da Arte Portuguesa, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve, de Pedro Rolim, com a tese Retábulos em Portugal nos séculos XIV e XV, orientada por Francisco Lameira e Francisco Teixeira. . Pedro Rolim (Mestrado). Universidade do Algarve Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.
2011. Júri de grau académico. Integra o júri de Mestrado em História da Arte. Especialidade História da Arte Portuguesa, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve, de Tânia Cabecinha Rodrigues, com a tese Faro na época moderna: do urbanismo à arquitectura orientada por Renata Araujo e José Eduardo Horta Correia.. Tânia Cabecinha Rodrigues (Mestrado). Universidade do Algarve Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.
2011/11/23 - 2011/11/25. Organização de evento. Integra a comissão científica do congresso internacional sobre arquitetura e cultura do século XVIII Books with a view, Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian, 23 a 25 de Novembro de 2011. (2011). Fundação Calouste Gulbenkian.
2011/11/09 - 2011/11/12. Organização de evento. Integra a comissão científica do IV Simpósio Luso-Brasileiro de Cartografia Histórica – Territórios: Documentos, Imagens e Representações, Porto, Faculdade de Letras da Universidade do Porto, 9 a 12 de Novembro de 2011 (2011). Universidade do Porto Faculdade de Letras.
2011/11/11. Apresentação oral de trabalho. O Piauí e sua cartografia. IV Simpósio Luso-Brasileiro de Cartografia Histórica. Faculdade de Letras da Universidade do Porto (Porto, Portugal).
2011/08/25. Apresentação oral de trabalho. O sonho da povoação de Nossa Senhora da Boa Viagem e as tentativas frustradas de ocupar o vale do Madeira-Mamoré. Seminário Internacional Produzindo Fronteiras Entrecruzando Escalas, Povos e Império na América do Sul 1640-1828. Universidade de São Paulo (São Paulo, Brasil).
2011/04/06. Apresentação oral de trabalho. Ficam portugueses da mesma forma que todos os mais. VIII Colóquio Luso-Brasileiro de História da Arte. Universidade Federal do Pará (Belém, Brasil).
2010. Júri de grau académico. Integra o júri de Doutoramento em Arquitetura e Urbanismo. Área de concentração Urbanismo, Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal da Bahia, de Adriano Bittencourt Andrade, com a tese O Outro Lado da Bahia: A Rede Urbana no Recôncavo Baiano Setecentista, orientada por Marco Aurélio A. Filgueiras Gomes.
. Arguente. Adriano Bittencourt de Andrade (Doutoramento). Universidade Federal da Bahia Faculdade de Arquitetura.
2010. Júri de grau académico. Integra o júri de Doutoramento em Arquitetura e Urbanismo, Faculdade de Arquitetura da Universidade de São Paulo, de Maria Fernanda Derntl, com a tese Método e Arte: criação urbana na capitania de São Paulo (1765-1822), orientada por Hugo Segawa.. Arguente. Maria Fernanda Derntl (Doutoramento). Universidade de São Paulo Faculdade de Arquitetura e Urbanismo.
2008 - 2010. Curso / Disciplina lecionado. Leciona na Universidade Nova de Lisboa a disciplina Urbanismo Colonial no Mestrado em História da Arte . Universidade Nova de Lisboa Faculdade de Ciências Sociais e Humanas.
2008 - 2010. Curso / Disciplina lecionado. Leciona na Universidade Nova de Lisboa a disciplina História do Urbanismo na Licenciatura em História da Arte.. Universidade Nova de Lisboa Faculdade de Ciências Sociais e Humanas.
2010/12/06 - 2010/12/07. Organização de evento. Organiza o Seminário Internacional Criação Urbana e arquitetura de programa: geometrias, formas e persistências, Évora, Universidade de Évora, CHAIA, 6-7 de Dezembro, 2010 (2010). Universidade de Évora Centro de História de Arte e Investigação Artística.
2010/12/06. Apresentação oral de trabalho. Mandar fazer cidades: génese ideológica das cartas régias de fundação de novas vilas no Brasil, séculos XVI – XVIII. Seminário Internacional Criação Urbana e arquitectura de programa: geometrias, formas e persistências. Universidade de Évora (Évora, Portugal).
2010/07/05. Apresentação oral de trabalho. Configurações internas: processos de estabelecimento de fronteiras entre as capitanias interiores do Brasil Colonial. III Encontro Internacional de História Colonial: Cultura, Poderes e Sociabilidades no mundo Atlântico (séc. XV-XVIII). . Universidade Federal de Pernambuco (Recife, Brasil).
2010/04/27. Apresentação oral de trabalho. Os mapas do Mato Grosso: O território como projeto. III Simpósio Internacional de Cartografia Histórica. Universidade de São Paulo (São Paulo, Brasil).
2009. Júri de grau académico. Integra o júri de Doutoramento em Arquitetura e Urbanismo, Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal da Bahia, de Roseline Vanessa Oliveira Machado, com a tese Pernambuco no Papel: o desenho de seis vilas coloniais no contexto da representação iconográfica de Albernaz, Marchgrave e Post, orientada por Eloísa Petti e Maria Angélica da Silva.. Arguente. Roseline Vanessa Oliveira Machado (Doutoramento). Universidade Federal da Bahia Faculdade de Arquitetura.
2009. Júri de grau académico. Integra o júri de Mestrado em Arquitetura, Departamento de Engenharia e Arquitetura. Instituto Superior Técnico, Universidade Técnica de Lisboa, de Mafalda Batista Pinheiro Pacheco, com a tese Evolução Urbana e Arquitectónica da Fuzeta, orientada por João Vieira Caldas.. Mafalda Pacheco (Mestrado). Universidade de Lisboa Instituto Superior Técnico.
2009/11/17. Apresentação oral de trabalho. Os tesouros da Amazónia: nostalgia e utopia no texto de um jesuíta exilado. Colóquio 1759-2009. Os Jesuítas e Portugal (História e Cripto-História). Universidade de Coimbra (Coimbra, Portugal).
2009/10/19. Apresentação oral de trabalho. Projectos para o espaço Amazónico. Colóquio Internacional A expulsão da Companhia de Jesus dos domínios portugueses (1759-1761). Biblioteca Nacional de Portugal (Lisboa, Portugal).
2009/09/23. Apresentação oral de trabalho. Reflexão sobre a Urbanidade no Brasil Colonial. Seminário Internacional Arquivos, Fontes e Pesquisa Histórica: capitania do Mato Grosso. Senai (Cuiabá, Brasil).
2007 - 2008. Orientação. Orienta Adriano Bittencourt de Andrade nas suas pesquisas em Portugal para o seu projeto de Tese de Doutorado intitulado A Rede Urbana do Recôncavo Baiano Setecentista. Projeto inserido no programa de pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal da Bahia com a orientação de Marco Aurélio Felgueiras Gomes. A tese foi defendida e aprovada em 2010.. Coorientador.
2007 - 2008. Orientação. Orienta Maria Fernanda Derntl nas suas pesquisas em Portugal para o seu projeto de Tese de Doutorado intitulado Método e Arte: criação urbana na capitania de São Paulo (1765-1822). Projeto inserido no programa de pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo com a orientação de Hugo Segawa. A tese foi defendida e aprovada em 2010.. Coorientador.
2008. Júri de grau académico. Integra o júri de Doutoramento em Arquitetura. Especialidade Teoria e História da Arquitetura, Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, de Margarida Tavares da Conceição, com a tese Da Cidade e Fortificação em Textos Portugueses (1540-1640), orientada por Walter Rossa.. Arguente. Margarida Tavares da Conceição (Doutoramento). Universidade de Coimbra.
2008. Júri de grau académico. Integra o júri de Mestrado em Conservação e Restauro, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal da Bahia, de Juliano Loureiro de Carvalho, com a tese Formação Territorial da Capitania da Paraiba 1755-1807, orientada por Marco Aurélio Felgueiras Gomes. . Juliano Loureiro de Carvalho (Mestrado). Universidade Federal da Bahia Faculdade de Arquitetura.
2008. Júri de grau académico. Integra o júri de Mestrado em História da Arte. Especialidade História da Arte Portuguesa, Faculdade de Ciências Humanas e Socais da Universidade do Algarve, de Sandra Romba, com a tese Evolução Urbana de Olhão, orientada por Renata Araujo e José Eduardo Horta Correia.. Sandra Romba (Mestrado). Universidade do Algarve Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.
2008/12/01. Apresentação oral de trabalho. As capitais das capitanias e a estruturação do território na América Portuguesa. Seminário Internacional Rio de Janeiro e Lisboa: A capitalidade nos dois lados do Atlântico. Universidade Federal Fluminense (Niterói, Brasil).
2008/08 - 2008/09. Curso / Disciplina lecionado. Participa no Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal da Bahia, lecionando o seminário Formação das Cidades na Amazónia (36 Horas) Salvador, Ago-Set.. Universidade Federal da Bahia Faculdade de Arquitetura.
2005 - 2007. Orientação. Coorientação (com José Eduardo Horta Correia) da Dissertação de Mestrado em História da Arte. Especialidade História da Arte Portuguesa, UAlg de Isabel Macieira, intitulada A Ilha de Moçambique nos séculos XVI, XVII e XVIII: A “Cidade de Pedra”..Mestrado em História da Arte (Mestrado). Coorientador.
2006 - 2007. Orientação. Orienta Roseline Vanessa Oliveira Machado nas suas pesquisas em Portugal para o seu projeto de Tese de Doutorado intitulado Lendo imagens, reconhecendo paisagens: gestos urbanos no nordeste do Brasil seiscentista. Projeto inserido no programa de pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal da Bahia com a orientação de Eloísa Petti. A tese foi defendida e aprovada em 2009.. Coorientador.
2007. Júri de grau académico. Integra o júri de Doutoramento em História da Arte. Especialidade História da Arquitetura e do Urbanismo, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve, de Hélder Alexandre Carita Silvestre, com a tese Arquitetura Indo-Portuguesa na Região de Cochim e Kerala: modelos e tipologias dos séculos XVI e XVII, orientada por José Eduardo Horta Correia e Luís Filipe Reis Thomaz. . Vogal. Hélder Alexandre Carita Silvestre (Doutoramento). Universidade do Algarve Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.
2007. Júri de grau académico. Integra o júri de Doutoramento em Arquitetura. Especialidade Arquitetura, Faculdade de Arquitetura da Universidade Técnica de Lisboa, de Pedro Rodrigues, com a tese Património, Território e Topologia do Lugar no Brasil, no Estado de Goiás. Contributo para a metodologia projetual do espaço urbano e estruturas de suporte em Arquitetura, orientada por João Sousa Morais e Murillo Marx. . Arguente. Pedro Rodrigues (Doutoramento). Universidade de Lisboa Faculdade de Arquitectura.
2007. Júri de grau académico. Integra o júri de Mestrado em História da Arte. Especialidade História da Arte Portuguesa, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve, de Isabel Macieira, com a tese A Ilha de Moçambique nos séculos XVI, XVII e XVIII: A “Cidade de Pedra”, orientada por Renata Araujo e José Eduardo Horta Correia.. Isabel Macieira (Mestrado). Universidade do Algarve Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.
2007. Júri de grau académico. Integra o júri de Mestrado em Arquitetura. Especialidade Teoria e História da Arquitetura, Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, de Ana Moreira, com a tese Utopias Territoriais do Iluminismo em Portugal, orientada por Walter Rossa.. Ana Moreira (Mestrado). Universidade de Coimbra Faculdade de Ciencias e Tecnologia.
2007. Júri de grau académico. Integra o júri de Mestrado em História da Arte. Especialidade História da Arte Portuguesa, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve, de Maria Teresa Graça Valente, com a tese O Espaço das Igrejas dos Conventos das Clarissas da Província dos Algarves, orientada por José Eduardo Horta Correia.. Maria Teresa Graça Valente (Mestrado). Universidade do Algarve Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.
2007. Júri de grau académico. Integra o júri de Mestrado em História da Arte. Especialidade História da Arte Portuguesa, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve, de Dália Paulo, com a tese O Convento de Nossa Senhora da Assunção: (des)construção da memoria, orientada por José Eduardo Horta Correia. . Dália Paulo (Mestrado). Universidade do Algarve Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.
2007/11/13. Apresentação oral de trabalho. Belém e as vilas pombalinas da Amazônia: as cidades que tiveram ordem para serem mestiças. Colóquio Internacional Cortes, cidades, memórias: trânsitos e transformações na modernidade. Universidade Federal de Minas Gerais (Belo Horizonte, Brasil).
2007/08 - 2007/09. Curso / Disciplina lecionado. Participa no Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal da Bahia, lecionando, com José Eduardo Horta Correia, o seminário A Escola Portuguesa de Arquitetura e Urbanismo (36 Horas) Salvador, Ago-Set.. Universidade Federal da Bahia Faculdade de Arquitetura.
2007/03 - 2007/04. Curso / Disciplina lecionado. Leciona o seminário Formação de Cidades na Amazónia no “Curso de Especialização em Interpretação, Conservação e Revitalização do Património Artístico de Antônio José Landi”, promovido pelo Fórum Landi da Universidade Federal do Pará. (20 Horas) Belém, Mar.-Abril.. Universidade Federal do Pará.
2006. Júri de grau académico. Integra o júri de Doutoramento em Arquitetura. Especialidade Arquitetura, Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto, de Josemary Omena Passos Ferrrare, com a tese A Cidade Marechal Deodoro do projeto colonizador português à imagem do “Lugar Colonial”, orientada por Alexandre Alves Costa e Odete Dourado Silva. . Arguente. Josemary Omena Passos Ferrrare (Doutoramento). Universidade do Porto Faculdade de Arquitectura.
2006. Júri de grau académico. Integra o júri de Doutoramento em História da Arte. Especialidade História da Arquitetura e do Urbanismo, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve, de João Manuel Gomes Horta, com a tese Vila Real de Santo António, forma limite no urbanismo histórico português, orientada por José Eduardo Horta Correia e Walter Rossa.. Vogal. João Manuel Gomes Horta (Doutoramento). Universidade do Algarve Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.
2006/08 - 2006/09. Curso / Disciplina lecionado. Participa no Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal da Bahia, lecionando o seminário A(s) cidade(s) e o território na formação do Brasil. (36 Horas) Salvador, Ago.- Set. . Universidade Federal da Bahia Faculdade de Arquitetura.
2006/08. Apresentação oral de trabalho. Cities and territory in the building of Brazil: The Jungle’s Frontier. The Eighth International Conference on Urban History - Eurpean Association of Urban History: Urban Europe in Comparative Perspective. European Association of Urban History (Estocolmo, Suécia).
2006/05/13. Apresentação oral de trabalho. À procura da lei, ou como fazer regular sem regularização. Ciclo de Conferências 250 Anos de Legislação Urbanística: Ordem e caos na formação e expansão da cidade portuguesa .
2005/11/04. Apresentação oral de trabalho. Lisboa, os engenheiros militares e o desenho do Brasil. Colóquio Internacional O Terramoto de 1755: Impactos Históricos. ISCTE (Lisboa, Portugal).
2005/06/17. Apresentação oral de trabalho. La (Vila) Belle et la Bête: une histoire urbaine en trois actes (où dans le premier apparaît une bête, dans le second un soldat, et dans le troisième un roi nègre). Colloque International La Ville au Brésil: XVIIIème –Xxème siècles. Naissances. Renaissances. . Université de La Rochelle (La Rochelle, França).
2005/05/13. Apresentação oral de trabalho. A Cidade Colonial Portuguesa no Brasil. 1º Fórum de Arquitectura e Território no Espaço Lusófono. ULHT (Lisboa, Portugal).
2003 - 2004. Orientação. Orienta Denise Machado Cardoso nas suas pesquisas em Portugal para o seu projeto de Tese de Doutoramento intitulado Populações Tradicionais, Sustentabilidade e Políticas Públicas no Vale do Rio Arraiolos – Almeirim/PA. Projeto inserido no Programa de Pós-Graduação do Núcleo de Altos Estudos Amazónicos da Universidade Federal do Pará, com a orientação de Ligia Simonian. A tese foi defendida e aprovada em 2006.. Coorientador.
2004/11/12. Apresentação oral de trabalho. Manoel de Azevedo Fortes e o Estatuto dos Engenheiros Portugueses. Manoel de Azevedo Fortes (1660-1749): Cartografia, Cultura e Urbanismo. Gabinete de Estudos de Desenvolvimento e Ordenamento do Território, Faculdade de Letras da Universidade do Porto (Porto, Portugal).
2004/06/11. Apresentação oral de trabalho. Vila Real de Santo António e as experiências coevas no actual território brasileiro. Jornadas do Ante-Plano (Plano de Pormenor de Salvaguarda do Núcleo Pombalino de Vila Real de Santo António). CMVRSA (Vila Real de Santo António, Portugal).
2003/08/05. Apresentação oral de trabalho. Reason in the jungle: The urbanization of Amazonia in the 18th century. XI International Congress on the Enligtenment. University of California (Los Angeles, Estados Unidos).
2003/05/09. Apresentação oral de trabalho. A Praça do Rei e a Praça do Marquês: espaço público, representação do poder e dinâmica social em Macapá. IX Jornadas de História Ibero-Americana.
2002/12/06. Apresentação oral de trabalho. By the water, facing the land: cities in the territorial construction of Portuguese America. Colonial Cities in the Tropics: a Comparative History 1500-1800: International Workshop. European University Institute (Florença, Itália).
2001 - Presente. Curso / Disciplina lecionado. Tem lecionado na Universidade do Algarve as disciplinas: História da Arte Moderna, História da Arte Contemporânea, História do Urbanismo, História da Arte Moderna Portuguesa, Arte Brasileira, Projetos de Investigação em Património e Metodologia do Trabalho Científico, na Licenciatura em Património Cultural; História do Urbanismo, na Licenciatura em Arquitetura Paisagista e Arte Contemporânea, na Licenciatura em Artes Visuais. . Universidade do Algarve Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.
2001 - Presente. Curso / Disciplina lecionado. Tem lecionado na Universidade do Algarve as disciplinas: História do Urbanismo Português da Idade Moderna, no Mestrado em História da Arte; Património, Memória e Identidade e Cidade e Território na Expansão Portuguesa, no Mestrado em História e Patrimónios. . Universidade do Algarve Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.
2001/09/12. Apresentação oral de trabalho. Casal Vasco: a cidade, a fronteira e a floresta. V Colóquio Luso-Brasileiro de História da Arte. Universidade do Algarve (Faro, Portugal).
1999/03/02 - 1999/03/06. Organização de evento. Integra a comissão organizadora e a comissão científica do Colóquio Internacional Universo Urbanístico Português 1415-1822, Coimbra, 2-6 de Março, 1999. (1999). Comissão Nacional para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses.
1999/03/05. Apresentação oral de trabalho. O Mato Grosso: A Fronteira a Ocidente. Colóquio Internacional Universo Urbanístico Português 1415-1822. Comissão Nacional para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses (Coimbra, Portugal).

Projetos

Projetos
2017/01/01 - 2019/12/30. As pequenas cidades e a coesão territorial na Europa do Sul e no espaço Atlântico: análise comparativa de longa duração. Investigador. CHAM Centro de Humanidades.
2014/01/01 - 2017/12/30. Conhecer e Demarcar o Território e fundar vilas: Conselheiros e Magistrados na gestão politica e territorial da América portuguesa no reinado de D. João V. Investigador.
2008/01/01 - 2010/12/30. Cartas Régias de fundação de vilas no Brasil. Génese e aplicabilidade de uma metodologia de desenho urbano. Investigador responsável. Universidade de Évora Centro de História de Arte e Investigação Artística.
2018/10/01 - 2021/10/01. TechNetEmpire - Redes técnico-cientificas na formação do ambiente construído no Império português (1647-1871).. Investigador responsável. CHAM Centro de Humanidades.

Produções

Araujo, Renata. 2008. "Laurent Vidal's, Mazagão, la ville qui traversa l'Atlantique: du Maroc a l'Amazonie, 1769-1783, Paris: Aubier, 2005".
Araujo, Renata. 2021. "Revoltas que perduram".
Araujo, Renata; Conceição, Margarida Tavares da. 2021. "Early Modern Fortification: The Portuguese Experience and Engineer Education". Editado por Carvalhal, Hélder; Murteira, André; Jesus, Roger Lee de, 34-50. Londres, Reino Unido: Routledge.
Araujo, Renata Malcher de; Oliveira, António Paulo Simões Dias . 2021. "Homenagem a Joaquim Romero Magalhães". Promontoria: Revista de História, Arqueologia e Património da Universidade do Algarve, (13).
Araujo, Renata Malcher de. 2021. "«Et autour, il n’y a que la forêt»: Fonder des villes dans un environnement méconnu: les cas du Brésil ". Em Les fondations des villes sur les littoraux américains. Brésil et États-Unis, XVIe - XIXe siècles. , editado por Vidal, Laurent, 13-29. Rennes, França: Les Perséides.
Araujo, Renata. 2020. "Boundary Surveing in Portuguese America". Em History of Cartography. Cartography in the European Enlightenment., editado por Edney, Mathew; Pedley, Mary. Vol. 4. Chicago, Estados Unidos: The University of Chicago Press.
Araujo, Renata. 2020. "Military Cartography by Portugal". Em History of Cartography. Volume Four. Cartography in the European Enlightenment. , editado por Edney, Mathew; Pedley, Mary. Vol. 4. Chicago, Estados Unidos: The University of Chicago Press.
Araujo, Renata. 2020. "Pouco mais ou menos em meio caminho daqui para o Pará: A povoação de Nossa Senhora da Boa Viagem e a ocupação das cachoeiras do rio Madeira". Em Cenários da Fronteira Oeste: História e Historiografia de Mato Grosso (séculos XVIII e XIX) , 15-45. Cuiabá, Brasil: EdUFMT.
Araujo, Renata; Lameira, Francisco; Mendonça, Isabel Mayer. 2020. "Retábulos no Pará e no Maranhão".
Araujo, Renata. 2019. "Aparato e retórica na entrada de Filipe II em Lisboa". Em Praça Universal de todo o orbe: uma vista de Lisboa em 1619, 43-49. Lisboa, Portugal: Câmara Municipal de Lisboa.
Araujo, Renata. 2019. "Heritage Studies: Beginnings and Possibilities". e-JPH, 17 (2): 445-452. https://www.brown.edu/Departments/Portuguese_Brazilian_Studies/ejph/html/issue34/html/v17n2a12.html
Araujo, Renata. 2019. "O Tejo não é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia". Em A Imagem de Lisboa O Tejo e as Leis Zenonianas da Vista do Mar, editado por Carita, Helder; Garcia, José Manuel, 111-122. Lisboa, Portugal: Gabinete de Estudos Olisiponenses / Instituto de História da Arte. https://doi.org/10.3917/puf.jacqu.2009.04.0007
Araújo, Renata; Centro de Humanidades (CHAM - FCSH/NOVA). 2018. "Viagens na minha terra.". Em Viagens, produtos e consumos artisticos. O Espaço Ultramarino Português 1450-1900, 71-90. Lisboa, Portugal: CHAM. http://hdl.handle.net/10362/42693
Araujo, Renata; Conceição, Margarida Tavares da. 2018. "Cidade (in) Defesa ". Revista de História da Arte, (13). https://institutodehistoriadaarte.files.wordpress.com/2018/11/rha_13.pdf
Araujo, Renata; Fonseca, Cláudia Damasceno. 2018. "“Cities and Urbanization in Portuguesa America” ". Em Oxford Bibliographies - Atlantic History. Oxford University Press.
Trindade, Luís; Novela, Milton; Araujo, Renata de. 2018. "Centro de Interpretação de Muhipiti". Em Oficinas de Muhipiti: planeamento estratégico, património, desenvolvimento, 219-230. Coimbra, Portugal: Imprensa da Universidade de Coimbra. https://doi.org/10.14195/978-989-26-1556-1_14
Araujo, Renata; Conceição, Margarida Tavares da. 2018. "Editorial Cidade (in)defesa". Revista de História da Arte, (13): 7-15.
Araujo, Renata. 2017. "Antonio José Landi. Egli solo resto nel Morticù". Em Da Bologna all'Europa: artisti bolognesi in Portogallo (secoli XVI-XIX), 191-202. Bologna, Itália: Bonomia University Press.
Araujo, Renata; Bicalho, Maria Fernanda Baptista. 2017. "O Ouvidor como ladrilhador: o papel dos oficiais régios na urbanização do Brasil". Em Justiça no Brasil colonial. Agentes e práticas, 233-255. São Paulo, Brasil: Alameda.
Araujo, Renata. 2017. "O Novo Descobrimento das Cidades dos Rios da Amazónia". Em Descida do Amazonas, caminho de Pedro Teixeira, 199-216. Lisboa, Portugal: Âncora Editora.
Araujo, Renata; Oliveira, António Paulo; Valente, Maria João. 2016. "Dossier Algarve Rural". Promontoria: Revista de História, Arqueologia e Património da Universidade do Algarve, (12).
Araujo, Renata. 2015. "Influência, origem, matriz". Em Patrimónios de influência portuguesa: modos de olhar, editado por Rossa, Walter; Ribeiro, Margarida Calafate, 47-64. Coimbra, Portugal: Imprensa da Universidade de Coimbra.
Araujo, Renata. 2015. "Influência, origem, matriz". Em Patrimônios de Influência Portuguesa: modos de olhar, 47-64. Rio de Janeiro, Brasil: Eduff Editora da Universidade Federal Fluminense.
Araujo, Renata. 2015. "Nem eles tal vila queriam, nem pediam: a criação de Vila Bela da Santíssima Trindade e a estruturação da capitania das Minas de Cuiabá e Mato Grosso". Em Para além das Gerais: Dinâmica dos povos e Instituições na América Portuguesa: Bahia, Goiás e Mato Grosso, 21-66. Goiânia, Brasil: Editora da PUC Goiás.
Araujo, Renata; Domingues, Vera. 2015. "As cidades (in) visíveis: a representação urbana em mapas do Brasil". Em Cartógrafos para toda a terra produção e circulação do saber cartográfico ibero-americano: agentes e contextos, 555-584. Vol. 2. Lisboa, Portugal: BNP, CEG_UL, CHAM.
Araujo, Renata. 2015. "Os Mapas do Mato Grosso". Terra Brasilis (Nova Série), (4). https://doi.org/10.4000/terrabrasilis.1230
Araujo, Renata; Oliveira, Antonio Paulo; Valente, Maria João. 2014. "Dossier Brasil: Cidades, Território, Memória e Património". Promontoria: Revista de História, Arqueologia e Património da Universidade do Algarve, (11).
Araujo, Renata. 2014. "Lisboa Levantada do Chão". Em Actas do IV Congresso de História da Arte Portuguesa em Homenagem a José-Augusto França. Lisboa, Portugal: Associação Portuguesa de Historiadores da Arte.
Araujo, Renata. 2014. "Configurações internas: as fronteiras entre as capitanias". Promontoria Revista de História, Arqueologia e Património da Universidade do Algarve Dossier Brasil: Cidades, Território, Memória e Património, (11): 71-88.
Araujo, Renata; Oliveira, Antonio Paulo; Bernardes, João Pedro. 2013. "Dossier Cidades do Algarve". Promontoria: Revista de História, Arqueologia e Património da Universidade do Algarve. , (10).
Araujo, Renata. 2013. "Às portas do paraíso. Mais que aldeia, menos que vila, o purgatório da utopia". Em Arte & Utopia, 88-100. Lisboa, Portugal: CHAIA- UE/ DINÂMIA’CET-IUL / FCSH-UNL.
Araujo, Renata. 2013. "Geografias descritas: cidades, vilas e povoações nos relatos, roteiros e corografias do final do século XVIII e início do XIX". Em Cidades do Novo Mundo: Ensaios de Urbanização e História , 91-106. Rio de Janeiro, Brasil: Garamond.
Araujo, Renata. 2013. "O terramoto e a integração do Bairro Alto nos planos pombalinos". Em Bairro Alto: mutações e convivências pacíficas. Lisboa, Portugal: Câmara Municipal de Lisboa.
Araujo, Renata. 2013. "Lisboa Pombalina e o Iluminismo, de José Augusto França". Rossio Revista de Estudos de Lisboa, (1): 56-63. http://dx.doi.org/10.1016/0305-7488(79)90080-x
Araujo, Renata; Beloto, Carlos; Rodrigues, Ana Duarte. 2012. "A importância do espaço, a escultura pública e a escultura de jardins". Em O Virtuoso Criador: Joaquim Machado de Castro (1731-1822), 91-102. Lisboa, Portugal: Museu Nacional de Arte Antiga.
Araujo, Renata; Pessôa, José Simões Belmont. 2012. "O Acervo Fotográfico de Robert Chester Smith relativo ao Brasil". Em Robert Smith e o Brasil: Arquitetura e Urbanismo, 43-50. Vol. 1. Brasília, Brasil: IPHAN.
Araujo, Renata. 2012. "Pedras, papel, viagens e memória ". Em Bloquinhos de Portugal: A arquitetura portuguesa no traço de Lúcio Costa, 267-271. Rio de Janeiro, Brasil: Funarte.
Araujo, Renata. 2012. "Dos preceitos da beleza e da beleza dos preceitos". Revista de História da Arte, (9): 55-68.
Araujo, Renata Malcher de. 2012. "A urbanização da Amazónia e do Mato Grosso no século XVIII povoações civis, decorosas e úteis para o bem comum da coroa e dos povos". Anais do Museu Paulista: História e Cultura Material, 20 (1): 41-76. https://doi.org/10.1590/s0101-47142012000100003
Mattoso, José; Cunha, Mafalda Soares da; Araujo, Renata. 2011. South América - Portuguese Heritage Around the Word: architecture and urbanism. . Editado por Mattoso, José; Cunha, Mafalda Soares da; Araujo, Renata. Lisboa, Portugal: Fundação Calouste Gulbenkian.
Araujo, Renata. 2011. "O Piauí e a sua cartografia". Em IV Simpósio Luso-Brasileiro de Cartografia Histórica. Porto, Portugal: FLUP.
Araujo, Renata. 2011. "“Portuguese Heritage in South America: Architecture and Urbanism”; “The Coast (East-Northeast)”; “The South (Southeast-South)”; “The Hinterland (Centre-West)”; “The Jungle (North)”, ". Em South América - Portuguese Heritage Around the Word: architecture and urbanism, editado por Mattoso, José; Cunha, Mafalda Soares da; Araujo, Renata. Lisboa, Portugal: Fundação Calouste Gulbenkian.
Mattoso, José; Cunha, Mafalda Soares da; Araujo, Renata. 2010. Património de Origem Portuguesa no Mundo: Arquitectura e Urbanismo: América do Sul. . Editado por Mattoso, José; Cunha, Mafalda Soares da; Araujo, Renata. Lisboa, Portugal: Fundação Calouste Gulbenkian.
Araujo, Renata. 2010. "As Cidades de Portugal". Em Temas Luso-Brasileiros no Arquivo Nacional. Rio de Janeiro, Brasil: Arquivo Nacional.
Araujo, Renata. 2010. "Desenhar cidades no papele no terreno: cartografia e urbanismo na Amazónia e Mato Grosso no século XVIII". Em Mapas de metade do Mundo. A cartografia e a construção territorial dos espaços americanos: século XVI-XIX, 179-210. Lisboa, Portugal: Centro de Estudos Geográficos da Universidade de Lisboa / Instituto de Geografía Universidade Nacional Autónoma de México.
Araujo, Renata. 2010. "Belém e as vilas pombalinas da Amazônia: ascidades que tiveeram ordem para serem mestiças". Em Cortes, Cidades, Memórias: Trânsitos e transormações na modernidade. Belo Horizonte, Brasil: Centro de Estudos Mineiros .
Araujo, Renata. 2010. "“O Património de Origem Portuguesa na América do Sul”". Editado por Mattoso, José; Cunha, Mafalda Soares da; Araujo, Renata, 20-45. Lisboa, Portugal: Fundação Calouste Gulbenkian.
Araujo, Renata. 2008. "Insólitas Escavações ". Em Sic memorat: Estudos em Homenagem a Teresa Júdice Gamito, 183-191. Faro, Portugal: UAlg.
Araujo, Renata. 2008. "La (vila) Belle et la Bête: une histoire urbaine en trois actes ". Em La Ville au Brèsil (XVIII-XIX siècles). Naissances. Renaissances, 51-59. Paris, França: Rivages de Xantons.
Araujo, Renata. "À Deriva nas Cidades". Revista de História da Biblioteca Nacional, 37 (outubro, 2008): 98-98.
Araujo, Renata. 2007. "Com régua e compasso: Lisboa, os engenheiros militares e o desenho do Brasil". Em O Terramoto de 1755: Impactos Históricos, 481-488. Lisboa, Portugal: Livros Horizonte.
Araujo, Renata. 2007. "As cidades brasileiras património da Humanidade: a reivindicação da herança urbana do Brasil". Revista de História da Arte, (4): 233-246.
Araujo, Renata. 2006. "O Presépio da Feliz Lusitânia". Em Feliz Lusitânia – Forte do Presépio, Casa das Onze Janelas, Casario da Rua Padre Champagnat: Série Restauro, 11-19. Belém, Brasil: SECULT.
Araujo, Renata. 2005. "Experiências coevas no actual território brasileiro". Em cima do Joelho, (9): 41-48. https://doi.org/10.14195/0874-6168_9_4
Araujo, Renata. 2005. "Baixa pombalina: Inventário do património arquitectónico". Monumentos Revista Semestral de Edifícios e Monumentos , (21): 247-253.
Araujo, Renata. 2004. "A praça do rei e a praça do marquês em Macapá". Em Os espaços de sociabilidade na Ibero-América (sécs. XVI-XIX), 77-83. Lisboa, Portugal: Edições Colibri / Instituto de Cultura Ibero-Atlântica.
Araujo, Renata. 2003. "A Razão na Selva: Pombal e a reforma urbana da Amazónia". Camões Revista de Letras e Culturas Lusófonas, (15-16): 151-165.
Araujo, Renata. 2001. "A Urbanização do Mato Grosso no século XVIII: Discurso e Método. ". Doutoramento. https://sapientia.ualg.pt/handle/10400.1/12479
Araujo, Renata; Carita, Helder; Rossa, Walter. 2001. Actas do Colóquio Internacional Universo Urbanístico Português 1415-1822. Lisboa, Portugal: Comissão Nacional para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses.
Araujo, Renata. 2001. "O Mato Grosso: A Fronteira a Ocidente". 887-994. Lisboa, Portugal: CNCDP.
Araujo, Renata. 2001. "Casal Vasco: a cidade, a fronteira e a floresta". Em Actas do V Colóquio Luso-Brasileiro de História da Arte, 81-93. Faro, Portugal: UAlg.
Araujo, Renata; Rossa, Walter; Gutierrez, Ramon; Mendes, Patricia. 2000. Bibliografia Ibero_americana da História do Urbanismo e da Urbanística 1415-1822. CNCDP.
Araujo, Renata; Moreira, Rafael. 1999. "A Engenharia Militar do século XVIII e a acupação da Amazónia". Em Amazónia Felsínea, 173-196. Lisboa, Portugal: CNCDP.
Araujo, Renata. 1998. As Cidades da Amazónia no século XVIII: Belém, Macapá e Mazagão. Porto, Portugal: Faup Edições.
Araujo, Renata; Carita, Helder. 1998. Colectânea de Estudos Universo Urbanístico Português 1415-1822. Lisboa: CNCDP.
Araujo, Renata. 1990. Lisboa a cidade e o espectáculo na época dos Descobrimentos. Lisboa, Portugal: Livros Horizonte.
 

Contacto