Empresários visitam aquaculturas e empresas irlandesas do setor do Mar

 
No âmbito do projeto Access2Sea, representantes de organizações e empresas de cinco países do Espaço Atlântico (Irlanda, Espanha, França, Reino unido e Portugal) participaram, nos dias 17 e 18 de maio, no evento final do projeto, que incluiu uma visita a empresas do setor do Mar.
Share

Foram visitadas cinco empresas: Éire Composites, que produz compósitos para cascos de Catamaran; Mungo Murphy's Seaweed Co., produção de abalones (moluscos) em aquacultura  e produtos naturais para cuidados da pele feitos de algas marinhas; Breizon Ltd., processamento de marisco cozido sob a marca Window to the Sea e exportação de  mariscos frescos, congelados, cozidos e vivos para a Europa e China; 4 - Connemara Seaweed Company, focada na criação de produtos de algas orgânicas excecionais; e Zoan Biomed, crescimento de coral para uso em cirurgia ortopédica para enxertos e preenchimentos ósseos.

Na visita participaram representantes do CRIA e duas empresas portuguesas do setor do Mar: Bluegrowth e Blueveg.

O evento incluiu um seminário sobre os temas do projeto Access2Sea: aceitação social das aquaculturas, planeamento espacial e modelos de negócio em aquaculturas.

O projeto Access2Sea, no qual a Universidade do Algarve participa, visa criar novas oportunidades para um crescimento mais competitivo e sustentável da aquicultura no Espaço Atlântico e é co-financiado pelo programa Interreg Espaço Atlântico.