Encontro de Psicologia no Algarve debate e prepara o futuro

O caminho dos futuros psicólogos e as novas abordagens científicas da Psicologia vão estar em destaque no dia 5 de maio, na 19ª edição do Encontro de Psicologia da Universidade do Algarve que, este ano, se desenrola em formato online, reunindo investigadores da área, parceiros institucionais, docentes e estudantes dos diversos ciclos de estudos em Psicologia.
Share
 

Mais de 250 pessoas estão já inscritas para participar neste Encontro organizado pelo Departamento de Psicologia e Ciências da Educação da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais (FCHS).

O psicoterapeuta psicanalista Manuel Matos, fundador da Sociedade Portuguesa de Psicanálise, dá o pontapé de saída ao Ciclo de Conferências, trazendo excertos de supervisão clínica para abordar os aspetos inovadores da psicanálise relacional ao nível da teoria e da técnica psicanalítica. Haverá também espaço para as neurociências cognitivas. Desde a Universidade de Lund, na Suécia, a investigadora Inês Bramão partilha como a leitura de ondas cerebrais revela processos de codificação e recuperação de memórias, tendo por base o trabalho que tem desenvolvido aplicando técnicas de machine learning a dados de eletroencefalografia.

Na carteira de conferências, este ano alargada, conta-se ainda com a participação de Vítor Ortuño, antigo aluno de Psicologia da Universidade do Algarve que leciona atualmente na Faculdade de Psicologia da Universidad de la República, no Uruguai, cuja palestra apresenta os resultados de diversos estudos nacionais e internacionais sobre a importância da “Perspetiva Temporal” no entendimento dum amplo conjunto de comportamentos e cognições.

A fechar, Diniz Lopes, investigador e atualmente diretor do Departamento de Psicologia Social e das Organizações do Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa – Instituto Universitário de Lisboa, apresenta os resultados de um estudo dedicado ao abandono de animais de companhia e a relação da condição psicológica com este fenómeno.

Tal como nas edições anteriores, além da componente científica, o Encontro serve ainda para estreitar laços entre os futuros psicólogos e os parceiros que se propõem a acolher os estágios curriculares. Dezenas de instituições terão oportunidade de apresentar o trabalho que desenvolvem de forma a que se constituam numa oportunidade para os finalistas do Mestrado. Os estudantes dos diferentes ciclos de estudos encontram, por seu lado, em mais uma edição do Encontro, espaço para exporem o trabalho realizado ao longo do seu percurso académico. Serão constituídas mesas dedicadas à Psicologia Clínica e da Saúde, à Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações, à Psicologia da Educação e, por fim, às Neurociências Cognitivas e Neuropsicologia.

O Curso de Psicologia foi criado na Universidade do Algarve em 1999, contando hoje com mais de 250 estudantes inscritos, 52 dos quais estrangeiros, sendo todos os anos um dos mais procurados em toda a oferta formativa da academia algarvia.

Consultar Programa e Inscrição

Cartaz disponível aqui.

Relacionadas