Candidaturas Projetos Erasmus+ 2015/2016

O Gabinete de Relações Internacionais e Mobilidade informa que se encontram abertas candidaturas ao novo Programa Erasmus+ 2015/2016. Para informações sobre os prazos de candidatura por favor consultar o convite oficial em http://eur-lex.europa.eu/legal-content/PT/TXT/PDF/?uri=CELEX:C2014/344/10&from=EN

O que é o Erasmus +?

O Erasmus+ é o novo programa da UE para a educação, formação, juventude e desporto e consolida sob um único quadro de apoio as áreas da educação, formação, juventude e desporto e outros programas internacionais, incluindo o Jean Monnet e o Erasmus Mundus.

O programa Erasmus+ é destinado a apoiar as atividades de educação, formação, juventude e desporto em todos os setores da aprendizagem ao longo da vida, incluindo o Ensino Superior, Formação Profissional, Educação de Adultos, Ensino Escolar, Atividades para jovens e formação no âmbito do Desporto amador.

O que envolve o Erasmus +

O programa Erasmus + foi criado com base na iniciativa Erasmus, célebre pelas oportunidades que oferece aos estudantes universitários e ao pessoal docente do ensino superior, em termos de mobilidade para fins de aprendizagem, estágio ou formação.

O Erasmus + abrange agora cinco grandes áreas de educação e formação:
• Oportunidades para a educação escolar para os funcionários e instituições;
• Oportunidades para a educação e de formação profissional para estudantes, aprendizes, estagiários, funcionários, instituições e empresas;
• Oportunidades para o ensino superior para alunos, funcionários, instituições e empresas;
• Oportunidades para a educação de adultos para funcionários, instituições e empresas;
• Oportunidades de integração europeia para o pessoal e as instituições académicas e de investigação.

O Erasmus+ está estruturado em 3 ações Ação-chave (key action KA) , as atividades Jean Monnet e Desporto organizadas da forma seguinte:

Ação 1: Mobilidades Individuais para fins de aprendizagem (pág. 16 do Guia PT)

A mobilidade individual para fins de aprendizagem oferece oportunidades aos indivíduos para que, enquadrados pelas instituições subvencionadas, possam melhorar as suas competências, melhorar a sua empregabilidade e ganhar consciência cultural.

 

Ação 2: Cooperação para Inovação e Boas Práticas (pág. 108 do Guia PT)

A Cooperação para a Inovação e Boas Práticas pretende que as organizações possam trabalhar em conjunto a fim de melhorar a sua oferta para os alunos e partilhar práticas inovadoras:

a) Parcerias Estratégicas – projetos de 2/3 anos com orçamento de 150.000€ anuais – 3 IES de 3 países do Programa (pág. 118 do Guia PT)

As Parcerias Estratégicas oferecem às organizações ativas nos domínios da educação, formação e juventude, bem como às empresas, às autoridades públicas e às organizações da sociedade civil ativas em diversos sectores socioeconómicos, a oportunidade de colaborarem a fim de aplicar práticas inovadoras que conduzam a ensino, formação, aprendizagem e animação de juventude de elevada qualidade, modernização institucional e inovação na sociedade.

b) Alianças para o Conhecimento – projetos de 2 anos financiamento ate 7000.000€ / projetos de 3 anos financiamento até 1.000.000€ - 6 parceiros de 3 países (mínimo 2 IES e 2 Empresas) - (pág. 127 do Guia PT)

As Alianças do Conhecimento são projetos transnacionais, estruturados e orientados para os resultados, nomeadamente entre o ensino superior e as empresas.

c) Alianças para as competências setoriais (pag. 136 do Guia PT)

As Alianças de Competências Sectoriais são projetos transnacionais e trabalharão para conceber e disponibilizar programas de formação profissional e metodologias de ensino e formação conjuntos. Deverão centrar-se particularmente na aprendizagem baseada no trabalho, fornecendo aos aprendentes as competências exigidas pelo mercado de trabalho.

d) Capacitação no campo da juventude (pag. 149 do Guia PT)

Os projetos de Reforço de Capacidades são projetos de cooperação transnacional baseados em parcerias multilaterais entre organizações ativas no domínio da juventude em Países do Programa e Países Parceiros

 

Ação 3: Apoio à Reforma das Políticas (pág. 165 do Guia PT)

Esta ação visa o apoio à Reforma das Políticas e abrange qualquer tipo de atividade cujo objetivo seja apoiar e facilitar a modernização dos sistemas de educação e formação.

As atividades de apoio à reforma das políticas estão orientadas para a consecução dos objetivos da Estratégia Europa2020, do quadro estratégico para a cooperação europeia no domínio da educação e da formação («EF2020») e da Estratégia Europeia para a Juventude.

Mais info:  https://eacea.ec.europa.eu/erasmus-plus/selection-results-civil-society-cooperation-eacea052014_en

 

International Credit Mobility – No âmbito da Ação 1 (Informação disponibilizada pela Agencia Nacional Erasmus+)

O início das mobilidades está previsto para setembro 2015 e o orçamento para Portugal é de 3.232.728€;

Mais info: https://erasmus-information-day-central-asia.teamwork.fr/docs/Claire_Morel_Credit_mobility_EN.pdf

 

Capacity Building for Higher Education - No âmbito da Ação 2 (Informação disponibilizada pela Agencia Nacional Erasmus+)

Tipologia de projetos:
a) Joint Projects – desenvolvimento curricular, governança, gestão e funcionamento das instituições de ensino superior;
b) Strutural Projects- modernização das políticas, governança e gestão de instituições de ensino superior; fortalecimento da relação entre os sistemas de ensino superior e ambiente envolvente

Mais info: https://eacea.ec.europa.eu/erasmus-plus/funding/key-action-2-capacity-building-in-field-higher-education-2015_en

Prioridades Regionais e Nacionais - consulte aqui


Atividades Jean Monnet (pág. 174 do Guia PT)

As Ações Jean Monnet destinam-se à promoção da excelência no ensino e na investigação no domínio de estudos sobre a União Europeia a nível mundial. Estas Ações visam também a promoção do diálogo entre o mundo académico e os decisores políticos, em especial com o objetivo de melhorar a governação das políticas da UE.

As Atividades Jean Monnet apoiam as seguintes Ações:
a) Módulos Jean Monnet (ensino e investigação);
b) Cátedras Jean Monnet (ensino e investigação);
c) Centros de Excelência Jean Monnet (ensino e investigação);
d) Apoio Jean Monnet a instituições e associações;
e) Redes Jean Monnet (debate político com o mundo académico);
f) Projetos Jean Monnet (debate político com o mundo académico).

Desporto (pág. 206 do Guia PT)

Ações Apoiadas:
a) Parcerias de Colaboração – são transnacionais e envolvem, no mínimo, cinco organizações de cinco Países do Programa. Duração de cada projeto - 12 a 36 meses
b) Eventos desportivos europeus sem fins lucrativos - apoio financeiro para a organização de eventos desportivos a nível europeu. Possibilidade de financiar eventos nacionais, organizados em simultâneo em vários países da Europa por organizações sem fins lucrativos ou organismos públicos, no contexto de eventos europeus no domínio do desporto

As Ações no domínio do desporto devem dar origem ao desenvolvimento, à transferência e/ou à aplicação de práticas inovadoras a nível europeu e nacional, mas também regional e local.

Formulários de Candidatura: http://ec.europa.eu/programmes/erasmus-plus/discover/guide/documents-applicants_en.htm

Para mais informações acerca do Programa Erasmus+, em português:
http://www.proalv.pt/erasmusmais/images/pdfs/erasmus-plus-programme-guide_pt.pdf (Guia do Programa)
http://www.proalv.pt/erasmusmais/ (Página da Agencia Nacional)

Para mais informações acerca do Programa Erasmus+, em inglês:
http://ec.europa.eu/programmes/erasmus-plus/documents/erasmus-plus-programme-guide_en.pdf (Programme Guide)
http://ec.europa.eu/programmes/erasmus-plus/index_en.htm
http://eacea.ec.europa.eu/erasmus-plus_en