Development of sustainable processes for the production of textile fibers

Nome do projeto: Development of sustainable processes for the production of textile fibers from forest resources

Investigador responsável: Bruno Medronho

Data inicio: 01-07-2013

Área Científica: Agricultura e Ciências Florestais-tecnologia de Produtos de Base Biológica

Breve sumário do projeto:
A procura de matérias-primas sustentáveis ??para os principais líderes mundiais do mercado têxtil tem se tornado cada vez mais difícil. O algodão orgânico, apesar de minimizar alguns destes problemas, não está disponível nas quantidades desejadas, ou a um custo aceitável. Ao mesmo tempo, a produção convencional de algodão está a ser cada vez mais questionada. Por outro lado, as fibras sintéticas não são sustentáveis a longo prazo uma vez que são obtidas a partir de recursos fósseis.
A produção de fibras celulósicas, a partir de recursos florestais, poder-se-á tornar futuramente a única alternativa sustentável ao algodão, assim que novos processos de dissolução e extrusão/fiação de fibras de celulose estejam desenvolvidos. A investigação de novos sistemas de dissolução, baseados em processos não poluentes, é de extrema importância para o avanço das indústrias de celulose. No entanto, o conhecimento mecanístico atual que os principais grupos académicos e industriais usam como base para o desenvolvimento de solventes para celulose deve ser seriamente questionado. Ligações de hidrogénio, interações de van der Waals e interações hidrofóbicas, todas precisam de ser consideradas. No entanto, na área de celulose, é surpreendente que a discussão se concentre apenas nas ligações de hidrogénio como força motriz para a associação de celulose e sua insolubilidade em água. Partindo de uma base mecanística diferente, este projeto ambiciona o desenvolvimento de solventes de baixo custo e ambientalmente amigáveis para a conversão sustentável da polpa de celulose em fibras têxteis. Este projeto prevê portanto, o uso sustentável de recursos naturais e matérias-primas florestais e agrícolas, temática de grande valor social a um nível global e particular, uma vez que Portugal é um país rico em recursos florestais.