Novo reitor Paulo Águas

Novo reitor Paulo Águas

A cerimónia de investidura do novo Reitor da UAlg, Prof. Doutor Paulo Águas, decorreu no dia 13 de dezembro. As comemorações, que também encerraram o programa do 38.º aniversário da Academia, tiveram lugar no Grande Auditório do Campus de Gambelas, na presença de muitos convidados, entidades académicas, civis, militares, diplomáticas e religiosas.

A cerimónia iniciou-se com o já tradicional cortejo académico, às 17h00, seguindo-se o último discurso de António Branco enquanto reitor da UAlg, que esteve à frente da Academia desde 2013. Na sua última intervenção, António Branco recordou “a história que nos fez chegar a este momento tão significativo para nós, para a região e para o Ensino Superior público, porque, para além de celebrarmos os 38 anos de existência desta Universidade, iremos todos testemunhar o ato de investidura do Reitor Paulo Águas. E será o momento em que ficará definitivamente consagrada a identidade que coletivamente construímos”. António Branco referia-se concretamente “aos enormes benefícios da paridade entre os dois subsistemas, politécnico e universitário, numa instituição, numa região e num país que não podem desperdiçar o seu potencial, para melhor servir o desenvolvimento civilizacional do mundo em que vivemos”. A eleição de Paulo Águas, professor coordenador da Escola Superior de Gestão, Hotelaria e Turismo da UAlg, traduz-se numa “conjugação de esforços, em vez de separação; integração em vez de desagregação”.

O reitor cessante elencou alguns “feitos memoráveis” alcançados nos últimos anos, sem, contudo, esquecer os vários desafios que ainda terão que ser ultrapassados, sendo o mais preocupante “o problema do financiamento público”.

Presidente do Conselho Geral destaca o orgulho que o Algarve tem na UAlg

O presidente do Conselho Geral dirigiu-se à Academia pela primeira vez desde que foi eleito, em junho deste ano. Vitor Neto iniciou o seu discurso realçando que o Algarve tem muito orgulho nesta sua Universidade. “Uma aspiração que, como sabem, demorou a ser realidade. Pela qualidade do seu ensino e a formação qualificada de milhares de jovens que estimulam o progresso do Algarve e a sua economia. Pelo conhecimento que gera e a investigação inovadora que desenvolve. Pela importante estratégia de internacionalização.” O presidente do Conselho Geral está ciente de que “tudo isto só é possível porque pode contar com professores competentes, pessoal dedicado, alunos que pensam e acreditam no futuro”.

Para Vitor Neto, “a Universidade prestigia a Região, a economia, as empresas, os municípios e a sociedade, que têm beneficiado muito com o seu importante trabalho.” Contudo, defende ainda que “é preciso ultrapassar obstáculos, ultrapassar o quadro de dificuldades, constrangimentos financeiros, incompreensões dos poderes centrais, que a UAlg tem sofrido ao longo de anos e que limitaram a sua função e o seu papel na Região”.

Novo reitor Paulo Águas volta a destacar a cooperação com o meio empresarial, prometendo périplo para breve

O momento alto da cerimónia foi, sem dúvida, o discurso do novo Reitor. “Promover a sustentabilidade através da inovação e da inclusão, no ensino e na investigação, num clima de proximidade, constituirá o elemento inspirador para o caminho a trilhar nos próximos quatro anos”, por Paulo Águas.

Das várias atividades elencadas para 2018, o novo reitor destacou na sua agenda mais imediata, entre outras iniciativas, a finalização da candidatura para a criação de um Pólo Tecnológico, “que permitirá a instalação de empresas no seio da Universidade do Algarve, para além das que já se encontram incubadas no UAlg Business Lab”. Ainda com o intuito de incrementar a cooperação com o meio empresarial, e tal como já foi noticiado pela comunicação social, na sequência de declarações prestadas após a eleição, será realizado um périplo por empresas, estruturado por setores de atividade. “Serão visitadas empresas com as quais temos vindo a desenvolver projetos para apresentação dos resultados alcançados e identificação de projetos futuros, assim como empresas com as quais ainda não temos vindo a trabalhar mas que poderemos vir a fazê-lo no futuro”, explicou.

Ciente da importância da comunicação interna e tendo como ponto de partida o lema do seu programa de ação de candidatura, “Juntos faremos a diferença”, além deste périplo externo, Paulo Águas realizará um périplo interno pelas Unidades Orgânicas, Centros de Investigação e Serviços. Como já referi “somos uma Instituição profundamente marcada, e ainda bem, pela presença das pessoas, o que constitui a nossa maior riqueza”. Paulo Águas considera que “há, pois, que ter atenção com as pessoas, com todas, professores e investigadores, funcionários não docentes e estudantes”.

A cerimónia contou ainda com outras intervenções, das quais se destacam a da representante dos funcionários não docentes, Maria João Barradas, do presidente da Associação Académica, Rodrigo Teixeira, e da representante dos docentes, Sandra Pais.

Durante a cerimónia foram entregues as medalhas da Universidade aos funcionários que completaram 25 anos de serviço, os diplomas aos novos doutores e, com o apoio da Caixa Geral de Depósitos, também foi atribuído o Prémio Universidade do Algarve aos diplomados com mérito no ano letivo de 2015/2016.