Primeira fase do “Ideias em Caixa” termina com 144 candidaturas e 261 promotores

No âmbito da sétima edição do concurso Ideias em Caixa, a Universidade do Algarve recebeu 144 ideias de negócio, num total de 261 promotores. As candidaturas estão a ser avaliadas pelos diferentes membros do júri para que sejam apuradas as 40 ideias que seguirão para a segunda fase do concurso.
Share
 

Das ideias a concurso, destaque para a percentagem na área das Tecnologias de Informação, Comunicação e Eletrónica (41%), seguindo-se a Agroalimentar (27%), Turismo (13%) e Saúde e Bem-Estar (12%). No que diz respeito ao perfil dos promotores, estes encontram-se, maioritariamente, entre os 19 e 29 anos, e são detentores de um curso superior. Quanto ao género, 57% são do género masculino e 43% do feminino.

Após identificadas as ideias, os primeiros 40 classificados iniciarão no dia 29 de maio os Business Labs, onde está previsto o apoio especializado às diferentes ideias de negócio a concurso.  

Recorda-se que a principal missão do Ideias em Caixa é promover o empreendedorismo e a iniciativa empresarial, através da criação de novas empresas nos diferentes domínios de especialização.

Adicionalmente, esta iniciativa constitui uma das atividades nucleares do projeto RESTART ALGARVE: Rede Regional de Apoio ao Empreendedorismo. Trata-se de um projeto cofinanciado pelo Sistema de Apoio às Ações Coletivas - Promoção do Espírito Empresarial, do Programa Operacional Regional do Algarve 2014-2020 (CRESC Algarve 2020), que é desenvolvido em parceria com a Associação Empresarial da Região do Algarve (NERA) e com a Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE).

Relacionadas