Curso de Verão 2019 "Saber para socorrer"

Data: 01 julho - 05 julho

Horário: 09h30 - 12h30 

Local: Campus de Gambelas, Edifício 2, Sala de Simulação de Enfermagem (1.30)

Vagas: 12

Matérias de estudo/cursos de interesse: Enfermagem
 

Objetivos

Os acidentes e a doença súbita são imprevisíveis. Todos os dias, as pessoas podem ser surpreendidas por qualquer uma destas situações, que podem ocorrer em qualquer lugar. Neste sentido, é necessário providenciar medidas iniciais e imediatas, realizadas por pessoa basicamente treinada, para garantir a vida, proporcionar bem-estar e evitar agravamento das lesões existentes.

A formação básica em Primeiros Socorros constitui, assim, como que um dever moral de cidadania, uma vez que possibilita o aumento da segurança e da qualidade de vida da pessoa que sofre de acidente ou doença súbita.

O enfermeiro reúne as competências necessárias para educar para a saúde e para prestar um primeiro atendimento adequado e em tempo útil à vítima, de forma a garantir a sua sobrevivência e qualidade na sobrevida.

Este curso permite apresentar algumas das potencialidades na realização de procedimentos e técnicas básicas de primeiro socorro, que visam a estabilização da situação de uma vítima até à chegada de recursos mais credenciados.

 

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

Dia 1  julho 
Primeiro Socorro e papel do socorrista: conceitos e limites.
Aplicação das etapas gerais de primeiro socorro: avaliação primária e secundária da vítima.

Dia 2 julho
Aplicação de medidas de atuação à vítima em paragem cardiorrespiratória:
- Abordagem da via aérea;
- Suporte Básico de Vida;
- Posição Lateral de Segurança.

Dia 3 julho
Aplicação de medidas de atuação à vítima de emergências médicas:
- Convulsões;
- Diminuição dos níveis de açúcar no sangue (hipoglicemia);
- Desmaio;
- Intoxicação/envenenamento, de acordo com as vias de absorção do tóxico/veneno: ingestão, cutânea, aspiração e injeção;
- Alcoolismo agudo.

Dia 4 julho 
Aplicação de medidas de atuação à vítima de emergências com lesões:
- Feridas superficiais: incisões, escoriações e hematomas;
- Hemorragias externas: nariz, ouvido, boca e extremidades (superior e inferior);
- Traumatismos: crânio, coluna, costelas e extremidades (superior e inferior);
- Imobilização do crânio, coluna e extremidades (superior e inferior).

Dia 5 julho
Revisão final dos conteúdos abordados.
Observação do interior de uma ambulância.


Nota: É obrigatório o uso de bata branca, calçado fechado e cabelo apanhado.