Da UAlg para Cannes

Da UAlg para Cannes

Chama-se TRINDADE e é uma curta-metragem algarvia criada por alunos e ex-alunos da Universidade do Algarve. Realizada por Diogo Simão e produzida pelo mesmo e por Adriano Ferreira e Mariana Ramos, TRINDADE estará presente entre os dias 14 e 19 de maio, no Short Film Corner do Festival de Cannes, com o apoio da Escola Superior de Educação e Comunicação (ESEC) da UAlg.

O Festival de Cinema de Cannes é o mais conceituado festival de cinema do mundo, onde estarão presentes todos os grandes nomes da 7ª arte. O Short Film Corner serve como uma montra, paralela ao festival, para que profissionais de todo o mundo partilhem experiências e talentos emergentes sejam descobertos.

“Ter a nossa curta-metragem no Short Film Corner em Cannes é a validação do trabalho feito por uma equipa incrível. A oportunidade de partilhar esta história com os nossos pares a nível internacional é realmente algo que ambicionávamos: em primeira mão, para que não caia no esquecimento e segundo, porque estamos à procura de condições para expandir o que começámos para formato de longa-metragem”, refere o realizador.

Em relação ao nome TRINDADE, Diogo Simão explica que surgiu devido a três motivos. “É o nome do hotel fictício onde a acção decorre e a conversa que se desenrola é entre três personagens que discutem, nomeadamente, a religião cristã.”

Sem orçamento próprio e sem qualquer apoio financeiro durante a produção, o TRINDADE conta a história de três vampiros que, sentados à lareira do Hotel Trindade, revelam segredos que podem alterar a História da Humanidade.

«Numa altura em que a Humanidade sofre para encontrar uma identidade própria, TRINDADE procura ser um espelho dessa mesma procura. Explorando temáticas como a religião, o abandono, escapismos, vícios e a falta de iniciativa este é, em primeiro lugar, um estudo profundo sobre as três personagens principais e da maneira como escolhem aproveitar o seu “dom”. O fascínio que o sobrenatural, nomeadamente a ideia de imortalidade, sempre exerceu sobre mim acabou por se revelar como o ponto de partida ideal para que eu e o público possamos explorar questões que, de outra maneira, teriam respostas limitadas», refere nota do realizador. 

TRINDADE, que é protagonizado pelos atores Pedro Monteiro, Tânia Silva e André Canário, já esteve em competição no festival Ymotion em Vila Nova de Famalicão e venceu um prémio na categoria de Realização no 12 Months Film Festival, na Roménia.