Universidade do Algarve conquista três projetos Erasmus Mundus e reforça aposta na internacionalização

20/07/2020

Universidade do Algarve conquista três projetos Erasmus Mundus e reforça aposta na internacionalização

A Universidade do Algarve acaba de ver aprovados três projetos submetidos no início de 2020 à Agência Europeia (Education, Audiovisual and Culture Executive Agency) que este ano aprovou 40 das 100 candidaturas recebidas. De realçar que, dos 40 novos cursos aprovados, 4 são coordenados por Instituições de Ensino Portuguesas, sendo que dois são inteiramente liderados pela UAlg. 

No âmbito do Programa Erasmus , a Ação 2 (KA2) inclui os Mestrados Conjuntos Erasmus Mundus onde se integram projetos concebidos e implementados por Consórcios de Instituições de Ensino Superior, de qualidade académica excecional, selecionados pela Comissão Europeia enquanto exemplos de excelência do Ensino Superior Europeu. 

A UAlg coordena, a partir da Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT), o Erasmus Mundus Master Course in Chemical Innovation and Regulation (Inovação Química) e o Erasmus Mundus Master Course in Applied Ecohydrology (Ecohidrologia Aplicada), sendo parceira no Erasmus Mundus International Master of Science in Marine Biological Resource (Recursos Biológicos Marinhos).

Líder e pioneira em Portugal na coordenação de Programas Conjuntos de Mestrados Erasmus Mundus desde 2004, a Universidade do Algarve volta a destacar-se no plano nacional pela criatividade e liderança neste tipo de programa, contribuindo para a criação e construção de um espaço europeu de ensino superior de excelência.

Para cada projeto o valor máximo de financiamento a atribuir será 4,424,000.00 Euro.

A aprovação dos três projetos, que representa mais de 10 milhões de euros de investimento financiado, apresenta-se como uma forte aposta na internacionalização, na educação inclusiva e no desenvolvimento de redes, projetos e investigações internacionais em colaboração.

A experiência adquirida pela instituição na gestão de projetos KA2 Erasmus ao longo do tempo demonstra que o trabalho desenvolvido com parceiros internacionais tem um papel determinante na visibilidade internacional da instituição e no seu desenvolvimento. 

O envolvimento em programas de ensino e investigação conjuntos tem contribuído para uma crescente captação de estudantes investigadores e docentes internacionais e constitui uma certificação da qualidade da instituição. 

Paralelamente, através da aposta nas parcerias para a inovação e o intercâmbio de boas práticas, procura-se incrementar a relação entre o ensino, a investigação e o meio empresarial e a resolução de problemas práticos das comunidades.

Share Partilhar