Nota de pesar pelo falecimento de André Jordan, doutor Honoris Causa da UAlg

 
O Reitor da Universidade do Algarve, Paulo Águas, vem em nome de toda a comunidade académica manifestar publicamente o mais profundo pesar pelo falecimento de André Jordan e endereçar à família e aos amigos as mais sinceras e sentidas condolências. A Instituição solidariza-se com este momento de tristeza, decretando três dias de luto académico.
Share

Recorde-se que André Jordan recebeu o título Honoris Causa pela UAlg a 1 de junho de 2011, onde foi apadrinhado por Jorge Sampaio, antigo Presidente da República.

No início do seu discurso, o empresário referiu que "este é, para mim, um momento de grande alegria e emoção. Alegrias e emoções sempre caracterizaram a minha vida no Algarve, desde que para aqui vim em 1970, e esta cerimónia é o culminar de um percurso." (ver galeria de fotos de cerimónia aqui).

Sobre André Jordan:

André Jordan nasceu na Polónia em 1933. Formado em jornalismo no Brasil, assumiu a gestão dos negócios familiares no ramo imobiliário, na América e na Europa.

A atividade empresarial leva-o ao Algarve onde dinamizou a instalação dos melhores empreendimentos turísticos, designadamente a Quinta do Lago e Vilamoura. A concretização do projeto do Belas Clube de Campo, em Lisboa, contou também com o seu envolvimento.

André Jordan contribuiu, assim, para o desenvolvimento e inovação do turismo nacional, tendo sido reconhecido com inúmeras distinções em Portugal, no Brasil e nos Estados Unidos da América, das quais se destacam, entre outras, a Grã Cruz da Ordem do Mérito, a condecoração de Grande Oficial da Ordem do Infante D. Henrique (Portugal) e o título de Grande Oficial das Ordens do Rio Branco e de Tamandaré (Brasil).

Porém, o seu percurso enquanto empreendedor, gestor e conciliador de interesses não se resume a uma dimensão puramente económica. Além de estar associado a grandes fundações culturais e museus, em Portugal e no estrangeiro, foi fundador do Festival Internacional de Música do Algarve e promotor de iniciativas culturais em vários concelhos algarvios.

Destaque-se, ainda, que em 2009 André Jordan criou um prémio destinado a estimular trabalhos de investigação científica nas áreas da economia, da gestão e do turismo. Foi também autor de vários livros.

O funeral de André Jordan realiza-se esta segunda-feira, 12 de Fevereiro, a partir das 16h00, na Igreja Paroquial da Nossa Senhora de Fátima, em Almancil.

Antes, o corpo do empresário, que morreu ontem, dia 8, estará, das 18h00 às 22h00, nas Capelas Exequiais da Basílica da Estrela, em Lisboa.

Na segunda-feira, dia 12, as exéquias começam às 10h00 com uma celebração de missa corpo de corpo presente, ainda na Basílica da Estrela, seguindo o cortejo fúnebre depois das 11h00 para a Igreja Paroquial da Nossa Senhora de Fátima, em Almancil, onde será celebrada missa de corpo presente às 16h00, seguindo depois para o cemitério desta vila.

André Jordan morreu aos 90 anos.

 

Relacionadas