Prémio Carreira Alumni UAlg

Visa homenagear e distinguir, anualmente um(a) graduado(a) num dos cursos lecionados na Universidade do Algarve (UAlg). Pretende-se reconhecer a carreira de um(a) graduado(a) com comprovada relevância nos seguintes domínios: desenvolvimento da sociedade; reconhecimento da qualidade de ensino da UAlg.

Requisitos

São elegíveis todos os diplomados da UAlg, com os graus de licenciatura, mestrado, doutoramento, com conclusão da primeira formação  há 10 ou mais anos e não tenham vínculo contratual com a UAlg (equiparado; tempo integral; dedicação exclusiva).

Critérios

O processo é composto por duas fases: (1) consiste na indicação de personalidades diplomadas pela UAlg. Nesta fase toda a comunidade (alunos, professores, funcionários, alumni) é convidada a participar sugerindo pessoa ou pessoas, através de formulário próprio constante no sítio Alumni e Saídas Profissionais. São aceites autopropostas; (2) há lugar à seleção do premiado pelo júri, entre os nomeados elegíveis.

Critérios de apreciação dos candidatos: Os nomeados elegíveis serão avaliados considerando os seguintes critérios: (1) Carreira reveladora de competências no desenvolvimento da sociedade em termos económicos, sociais, culturais. Reconhecida criação de valor no domínio do bem-estar social; (2) Carreira reveladora de competências de influência nas políticas públicas, destacando-se pelo seu contributo para a sociedade civil; (3) Excecionais realizações na sua área de atividade, destacando-se o contributo para o desenvolvimento da mesma; (4) Contribuição para o reconhecimento da excelência de ensino da UAlg. Os casos omissos são resolvidos pelo júri e em caso de dúvida o júri pode solicitar documento(s) que considere necessário(s) à apreciação das propostas.

Critérios gerais de apreciação dos candidatos:  (1) O prémio não é concedido a título póstumo; (2) O prémio só é atribuído uma vez à mesma personalidade; (3) Os Alumni que são membros do júri não são elegíveis.

Júri

O júri é composto pelo Conselho Alumni. As decisões do júri são da sua inteira responsabilidade e não haverá lugar a recurso.

Atribuição do Prémio

O prémio que terá um caráter simbólico será entregue em cerimónia própria de acordo com o calendário da iniciativa.

Premiados Alumni

Premiado Jorge Dias

Jorge Dias

Jorge Dias é licenciado em Biologia Marinha pela Universidade do Algarve, tendo obtido o grau de mestre em Tecnologia Alimentar pela Universidade de Bordeaux, em França.

Especializou-se em Nutrição de Peixes através do doutoramento pela Universidade do Porto e de Bordeaux (França), em estreita colaboração com o Institut National de la Recherche Agronomique (INRA) e o Institut Français de Recherche pour l’Exploitation de la Mer (IFREMER).

É fundador e sócio-gerente da SPAROS Lda, que se dedica à prestação de serviços e investigação em nutrição para Aquacultura.

Premiado Luís Loures

Luís Loures

É licenciado em Arquitetura Paisagista (2001-2006) e em Agronomia (2014-2016) e doutorado em Ciências e Tecnologias do Ambiente, especialidade de Planeamento Urbano (2007-2011), pela Universidade do Algarve.

É Post-doc em Desenvolvimento Sustentável aplicado à Produção Agrária pela Universidade da Extremadura (2017), e agregado em Ciências Agronómicas e Florestais - Recuperação da Paisagem, pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (2021).

Atualmente, é presidente do Instituto Politécnico de Portalegre.

Premiada Sílvia Marques Socorro

Sílvia Socorro

Na Universidade do Algarve concluiu a licenciatura em Biologia Marinha e Pescas em 1994. Terminou o mestrado em Aquacultura em 1997 e o doutoramento em Biologia, especialidade em Biologia Molecular em 2001.

Realizou um pós-doutoramento em Biologia Molecular no Ottawa Health Research Institute do Ottawa Hospital, no Canadá, entre 2000 e 2001, e entre 2001 e 2002 concluiu um pós-doutoramento em Biologia Molecular realizado no Centro de Ciências do Mar da Universidade do Algarve.

Em 2013 obteve a Agregação em Biomedicina na Universidade da Beira Interior.

É diretora de curso do doutoramento em Biomedicina e professora catedrática do Departamento de Ciências Médicas na Universidade da Beira Interior, e coordenadora Científica do Centro de Investigação em Ciências da Saúde.

Lidera um grupo de investigação cujos interesses se centram fundamentalmente no estudo das alterações hormonais e metabólicas associadas à infertilidade masculina e ao cancro. Ao longo dos anos, a sua atividade de investigação contribuiu para a caracterização das ações fisiológicas das hormonas esteroides sexuais nos tecidos reprodutivos, nomeadamente testículo e próstata. Foram identificadas novas proteínas com um papel relevante no controle da sobrevivência e morte celular, e com impacto na produção de gâmetas masculinos e desenvolvimento de tumores. O trabalho da sua equipa de investigação tem vindo ainda a demonstrar a ação dos esteroides no controle do metabolismo energético, e de que modo estas alterações se relacionam com a agressividade do cancro da próstata. Foram identificados um conjunto de alvos moleculares com potenciais aplicações terapêuticas baseadas na atividade hormonal ou regulação do metabolismo.

Paulo Serra (Menção Honrosa)

Paulo Serra

Licenciou-se em Línguas e Literaturas Modernas - Variante de Estudos Portugueses em 2002.

Terminou o mestrado em Literatura, especialização em Literatura Comparada em 2006 e em 2013 completou o doutoramento em Literatura, especialização em Literatura Comparada.

As suas funções no exterior têm tido como motivo primordial o ensino e a divulgação da Língua Portuguesa. Atualmente, exerce funções de Agente de Cooperação, como perito em Timor-Leste, no Projeto FOCO.UNTL (com protocolo de cooperação entre o Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P., através do Centro de Língua Portuguesa de Díli, com a Universidade de Timor-Leste (UNTL).

O seu percurso internacional iniciou em 2013, com a docência de língua portuguesa na Polónia, tendo posteriormente assumido a direção do departamento de Português na Universidade do Botsuana, em Gaborone. Em 2017 exerceu as funções de coordenação do Camões – Centro Cultural Português, Pólo da Beira, onde para além da docência, promoveu e organizou eventos culturais. 

Premiada Isabel de Noronha

Isabel de Noronha

É licenciada em Biologia Marinha (1995/1996) e doutorada em Marine Policy.

Especializou-se em governança oceânica e políticas integradas, análise de políticas públicas e desenvolvimento sustentável, na Universidade de Delaware, nos Estados Unidos da América.

Desenvolve a sua atividade através da interface da ciência com a política, visando a consolidação de políticas estratégicas e ambientais do oceano. É diretora da empresa de consultoria InventAr, Lda, que lidera as áreas de desenvolvimento sustentável, assuntos oceânicos e ambientais e impactos cumulativos, para produzir conhecimento multidisciplinar e consultoria em políticas.

 

Pedro Bastos (Menção Honrosa)

Pedro Bastos

Licenciou-se em Bioquímica no ano letivo 2006/2007.

Criou a empresa Nutrifresco mesmo antes de terminar o curso, especializada na comercialização de pescado de altíssima qualidade para a hotelaria e restauração de topo. Bem cedo começou a ir à lota de Sagres com o pai, o que viria a ser decisivo para o seu percurso académico, pois afirma que estudou bioquímica para perceber o peixe por dentro, tanto em termos gastronómicos, como em termos alimentares.

O seu conhecimento profundo do mar português e das variedades de peixe e marisco que nele existem, permite-lhe fazer uma aproximação única do mercado, realizando autênticas aulas sobre espécies pouco conhecidas. 

Premiado Pedro Lima

Pedro Lima

Obteve a licenciatura na UAlg em Biologia Marinha e Pescas em 1995 e Doutoramento em Neurofisiologia (2001) pela universidade de Sheffield / Plymouth Marine Biological Association, Reino Unido.

Fundador da Empresa Sea4us (http://sea4us.pt/pt/), cujas atividades principais se dedicam a criar uma biblioteca de compostos, descoberta de fármacos e desenvolvimento pré-clínico. Devido à sua natureza, a Plataforma de Descoberta e Desenvolvimento de Medicamentos da Sea4Us permite a descoberta de novos fármacos para o tratamento de diversas condições clínicas ainda sem soluções terapêuticas.

A sua pesquisa está focada nas neurociências, eletrofisiologia, farmacologia e biologia marinha. É o investigador principal do departamento de fisiologia da Nova Medical School, e professor convidado na faculdade de ciências da Universidade de Lisboa. Lidera um grupo de farmacologia e biofísica dos canais iônicos desde 2007.

 

Jorge Luz (Menção Honrosa)

Jorge Luz

Licenciou-se em Engenharia Elétrica e Eletrónica em 1998.

Fundou a ITELMATIS (http://www.itelmatis.com/), pouco tempo depois de terminar o curso, sendo hoje uma empresa de referência na área de automação e controlo de processos muito bem implantada no Algarve, concorrendo com grandes empresas de renome internacional nesta área.

A tecnologia e o empreendedorismo sempre fizeram parte do seu ADN e ao longo da sua carreira desenvolveu tecnologias inovadoras para inúmeros sectores que vão desde a agricultura, piscicultura, hotelaria, gestão de águas e golfe, onde se destacou por oferecer tecnologia ao nível do melhor que se faz mundialmente para estas áreas.

Desenvolveu projetos com a UAlg e continua a dinamizar candidaturas a novos projetos em parceria com a instituição; emprega vários diplomados da UAlg e tem protocolos de estágio com vários cursos. Além de participar regularmente em palestras colabora também no programa de mentoria.”

 

Premiado Élio Vicente

Élio Vicente

É licenciado em Biologia Marinha e Pescas pela Universidade do Algarve (1996). 
 
É diretor de Relações Externas do Zoomarine (desde 2013), diretor do Porto d’Abrigo do Zoomarine (desde 2002) e presidente do Conselho Fiscal da Ordem dos Biólogos (desde 2017). Tem desenvolvido um intenso trabalho no Zoomarine (onde iniciou a sua carreira, em Julho de 1991), em prol da educação, defesa do ambiente, cultura e ciência (desde 1994). 
 
Como biólogo marinho, acumula cerca de 30 anos de experiência em várias funções e competências multi-setoriais em áreas tão distintas como reabilitação de golfinhos, focas e tartarugas marinhas, gestão de projetos científicos, idealização e execução de projeto em comunicação e educação ambiental, formação técnica, gestão de eventos, diplomacia técnico-científica, entre outros. 

 É o representante da Mundo Aquático SA em várias organizações nacionais e internacionais, e integra os órgãos sociais de várias entidades, a título pessoal e em representação do Zoomarine. 

Coordena, desde 2016, a “Operação Montanha Verde” (que já plantou 79’400 árvores) e, desde 2017, a “Operação Praia Limpa”. 

 

Ignácio Correia (Menção Horosa)

Ignácio Correia

Licenciado pela Universidade do Algarve em Design de Comunicação (2007). 

Iniciou a sua carreira na área do design com 16 anos, desenvolvendo design de sites e plataformas online. Reconhece que, na altura, qualquer solução criativa era impensável e muita dispendiosa sendo que a formação académica, elevou o seu conhecimento de comunicação gráfica, permitindo-lhe diferenciar-se no mercado.  

Trilhou um percurso de autodidata em programação, análise de dados e marketing apostando no estudo em regime pós-laboral, esforço que lhe permitiu especializar-se em plataformas online. O domínio de todo o espectro de conhecimento na área permitiu-lhe criar uma equipa de ex-estudantes da universidade e implementar um método de trabalho por si criado, o que aspeto reconhecido através de prémios e menções honrosas, na área do design de plataforma online. Recebeu a nomeação para o Portugal Digital Awards em 2017, pela criação de uma plataforma online de marketing digital usada pela maiores empresas do mundo, pela qual é responsável. 

É o coordenador e cofundador da UnykTV (www.unyk.tv) plataforma desenvolvida de raiz pela sua equipa, utilizada por grandes marcas como WALLMART, BENFICA e outras. 

 

Premiado Jaime Albino Ramos

Jaime Ramos

É um biólogo com um percurso académico excecional, que ilustra e exemplifica o quanto a força de vontade e a capacidade de trabalhar e de enfrentar desafios, bem enquadradas por uma formação superior, podem dar frutos fabulosos. Encarna o empenho, o trabalho e o espírito prático na resolução de problemas, conciliados com belíssimas capacidades de relacionamento social e humano, intelectuais e pedagógicas.

Graduou-se, em 1989, na Universidade do Algarve com um trabalho final sobre a Galinha Sultana ou caimão, à época em vias de extinção.

É mestre pela University of Durham, Reino Unido (1990), e doutorado pela University of Oxford (1994).

É atualmente professor na Universidade de Coimbra, onde desenvolve muitos trabalhos com alunos que orienta, relacionados com aves da Ria Formosa.

Tem vários projetos na área da biologia marinha e da ecologia, um pouco por todo o mundo (Seychelles, Cabo Verde, etc.), Portugal continental e nas Ilhas dos Açores, onde estudou o Priolo, tendo contribuído com o seu estudo para a preservação da floresta laurissilva no nordeste da Ilha de São Miguel, e para a natural preservação da ave. Em sua homenagem a ave foi batizada pela SPEA (Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves) o priolo Jaime.

Já publicou cerca de 150 artigos em revistas indexadas e um h-index 23, obtido na SCOPUS

 

Paulo Condado (Menção Horosa)

Paulo Condado

A sua inteligência e o seu carácter muito forte permitiram-lhe, não só mostrar o seu valor, mas também vencer num ambiente competitivo, apesar das adversidades e incompreensão social com que é confrontado diariamente.

Licenciou-se em Engenharia Informática, ramo de Gestão, pela Universidade do Algarve (2002) e, mais tarde, doutorou-se em Engenharia Eletrónica e Computação pela mesma Universidade (2009). Tem dedicado a sua investigação a soluções de acessibilidade, apoio tecnológico em diversas incapacidades e integração digital/social.

Com uma longa lista de publicações e projetos, desenvolveu um revolucionário sistema informático, o Easy Voice, que permite que pessoas com deficiências na fala possam efetuar chamadas telefónicas, utilizando uma voz artificial gerada por um computador.

 

Documentos

Regulamento Prémio Alumni
 
Relacionadas