UAlg promove reunião no âmbito da criação de Centros Tecnológicos Especializados

Na sequência da aprovação das candidaturas para criação de Centros Tecnológicos Especializados (CTE) e a fim de estabelecer formas de cooperação alargadas entre os Agrupamentos de Escolas, a Delegação Regional de Educação do Algarve, a CCDR Algarve e a Universidade do Algarve, no dia 20 de fevereiro, às 14h00, realizou-se uma reunião de trabalho, na Sala de Seminários da Reitoria, no Campus de Gambelas, em Faro
Share
 

Na reunião, a Universidade do Algarve apresentou a oferta formativa profissionalizante, nomeadamente os Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP), que funcionam nas unidades orgânicas do subsistema politécnico, e os Agrupamentos de Escolas com projetos de CTE deferidos tiveram oportunidade apresentar os seus projetos.

Além das formas de cooperação, que promovam o aumento das qualificações e a difusão de cultura científica e tecnológica, bem como a otimização de recursos, discutiram-se caminhos para a necessária articulação e alinhamento da oferta de ensino profissional, no âmbito da Delegação Regional de Educação do Algarve, com a oferta de CTeSP da UAlg, financiada pelo Programa ALGARVE 2030, contando com o apoio técnico da CCDR Algarve em futuras candidaturas e colaborações.

A reunião foi coordenada pelo vice-reitor para a Transferência, Inovação e Universidade Digital, João Rodrigues, e pelo pró-reitor para a Inovação Pedagógica e Apoio ao Estudante, Eduardo Esteves. Participaram os diretores das Unidades Orgânicas do subsistema politécnico, os Agrupamentos de Escolas com CTE aprovados, a Delegada Regional de Educação do Algarve, Carla Fernandes, e a secretária técnica do Programa Regional Algarve 2030 da CCDR Algarve, Patrícia Martins.

A criação dos CTE enquadra-se no investimento de modernização da oferta dos estabelecimentos de ensino e da formação profissional do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). Este investimento envolve a modernização e reabilitação das instalações e infraestruturas existentes e a aquisição de recursos educativos tecnológicos (equipamento). Os CTeSP correspondem a um tipo de formação superior não conferente de grau académico, ministrada no ensino superior politécnico, visando introduzir, no âmbito do ensino superior, uma oferta educativa de natureza profissional situada no nível 5 do Quadro Europeu de Qualificações.