Apresentação
O Mestrado em Engenharia Informática, tendo como base os conhecimentos de banda larga em informática obtidos num curso de licenciatura, oferece formação avançada em diversas áreas de informática. Deste modo fornece uma formação sólida adequada ao mercado de trabalho possibilitando ainda o prosseguimento de estudos ao nível do doutoramento.

Objetivos

O objetivo do Mestrado em Engenharia Informática é o de complementar a formação sólida e de banda larga adquirida durante um primeiro ciclo em Engenharia Informática, ou equivalente, com uma formação avançada em áreas relevantes das Ciências de Engenharia Informática e em outras áreas transversais. São objetivos do Mestrado, designadamente:

  • A satisfação dos pressupostos de Bolonha nas suas várias vertentes, incluindo metodologias de ensino, a duração dos ciclos de estudo, a empregabilidade e a mobilidade dos alunos
  • Oferecer formação diretamente relacionada com as reais necessidades do mercado empregador
  • Captar o interesse em frequentar o segundo ciclo do maior número possível de alunos do primeiro ciclo, quer da Universidade do Algarve, quer de outras universidades nacionais e estrangeiras
  • Cultivar o interesse pelas atividades de investigação e oferecer a formação necessária à frequência num terceiro ciclo de formação conducente ao Doutoramento

Funcionamento

O Mestrado é constituído por um conjunto organizado de unidades curriculares a que corresponde 66 créditos ECTS, e por uma dissertação de natureza científica, um trabalho de projeto ou um estágio de natureza profissional, a que corresponde os restantes 54 créditos ECTS.

O modelo de formação do curso de mestrado é composto pelos seguintes conjuntos de unidades curriculares:

  • Unidades curriculares obrigatórias – Conjunto de unidades curriculares de frequência obrigatória consideradas essenciais na formação avançada de um Engenheiro Informático (36 ECTS). Neste conjunto insere-se uma disciplina de competência transversal (soft-skills).
  • Unidades curriculares opcionais – Conjunto de unidades curriculares optativas, num total de 30 ECTS. Estas unidades poderão ser escolhidas individualmente ou por área temática, de entre os três seguintes grupos: Ciências da ComputaçãoAnálise de Dados e Redes de Computadores. As unidades curriculares opcionais são definidas e aprovadas anualmente pelo Conselho Científico da Faculdade de Ciências e Tecnologia.
  • Dissertação/Projeto/Estágio – Tese de natureza científica ou um trabalho de projeto, original e especialmente realizado para este fim, ou um estágio de natureza profissional, objeto de relatório final, a que corresponde os restantes 54 créditos ECTS. Em qualquer dos casos, a Dissertação/Projeto/Estágio deve ser realizada individualmente por cada aluno sob orientação de um Doutor.

Competências

O Perfil de Competências Gerais do Mestre em Engenharia Informática desenvolve-se ao longo de quatros componentes fundamentais: (i) Saber (conhecimento teórico), (ii) Saber Fazer (conhecimento técnico-profissional), (iii) Saber Fazer Social (Competências sociais e relacionais) e (iv) Saber Aprender (Capacidades cognitivas).

O Mestrado promove o desenvolvimento das competências gerais dos seus estudantes em cada uma das vertentes acima enumeradas, designadamente:

  • Consolidando conhecimentos em Ciências de Engenharia e em Ciências de Engenharia Informática
  • Capacidade para sintetizar e analisar dados, desenvolver experiências científico-tecnológicas e resolver problemas utilizando criteriosamente os recursos disponíveis, nomeadamente os associados aos meios informáticos
  • Capacidade de comunicação, oral e escrita, de dados, ideias, problemas e soluções a diferentes audiências e em particular a audiências especializadas na área da Informática
  • Sentido de responsabilidade e ética profissional
  • Capacidade para trabalhar em equipa e de se adaptar a mudanças tecnológicas através de um desenvolvimento curricular contínuo e autónomo

O Mestre em Engenharia Informática está habilitado a demonstrar competências específicas em:

  • Análise, projeto e desenvolvimento de sistemas de informação
  • Paradigmas e linguagens de programação relevantes
  • Gestão de sistemas de informação
  • Gestão de projetos de sistemas informáticos
  • Tópicos avançados de segurança em redes e em sistemas de informação
  • Projeto e gestão de redes informáticas, com foco na Internet das Coisas
  • Extração de informação relevante a partir de grandes volumes de dados
  • Projeto de sistemas inteligentes para resolução de problemas complexos

História

O curso foi criado em 2007 (Deliberação n.º 2041/2007, publicada no DR, 2ª s, n.º 198, de 15 de outubro) e alterado em 2012 (Despacho n.º 9304/2012, publicado no DR, 2ªs, n.º 132, de 10 de julho).

Propinas e taxas 2021/2022

Candidatos nacionais: 1100 Euros

Candidatos internacionais*: 4000 Euros

Taxa de candidatura: 50 Euros

Taxa de inscrição e seguro escolar: 175 Euros

Nota: A propina deste curso pode ser paga em 10 prestações, sendo a primeira no ato da matrícula e as restantes nos meses de outubro, novembro, dezembro, janeiro, fevereiro, março, abril, maio e junho.

 

* de acordo com o Decreto-lei n.º36/2014, alterado pelo Decreto-Lei nº 62/2018, de 6 de agosto, são considerados estudantes internacionais os nacionais de um estado que não seja membro da União Europeia e que não residam legalmente em Portugal há mais de dois anos, de forma ininterrupta, em 1 de janeiro do ano em que pretendem ingressar no ensino superior.

As candidaturas aos cursos de Mestrado são efetuadas através do Portal Académico.
 
Saídas Profissionais

Os Mestres em Engenharia Informática pela Universidade do Algarve estão aptos para integrar quadros de empresas na área de Engenharia Informática, exercendo funções como:

  • Engenheiro informático
  • Engenheiro de redes informáticas
  • Engenheiro de sistemas
  • Engenheiro de conhecimento
  • Engenheiro de segurança informática
  • Engenheiro de sistemas de informação
  • Engenheiro de sistemas de apoio à decisão
  • Arquiteto de sistemas de informação
  • Consultor em informática e segurança
  • Especialista em análise e síntese de imagem
  • Especialista em analise e mineração de dados
  • Especialista em sistemas inteligentes
  • Investigador em ciências informáticas