Apresentação

A formação dada no Mestrado em Engenharia Mecânica – Energia, Climatização e Refrigeração pretende aprofundar os conhecimentos adquiridos na licenciatura de Engenharia Mecânica, proporcionando aos alunos o desenvolvimento de atividades regulamentadas, nomeadamente pelo acesso ao Grau de Qualificação E2 da Ordem dos Engenheiros.

Este ciclo de estudos oferece uma formação com vista à aquisição pelo estudante de uma especialização de natureza profissional, dotando-o de capacidade de inovação e de integração dos conhecimentos na resolução de problemas complexos de um modo autónomo.

Privilegiando uma consolidação da vertente profissional, após a formação curricular, os alunos poderão finalizar o mestrado com uma dissertação de natureza científica, com um trabalho de projeto original e especialmente realizado para este fim, ou com um estágio de cariz profissional objeto de relatório final. 

Objetivos

O curso de Mestrado em Engenharia Mecânica – Energia, Climatização e Refrigeração tem como principal objetivo aprofundar os conteúdos no domínio da Engenharia Mecânica na especialidade de energia, com relevo na climatização de edifícios e refrigeração comercial e industrial, preparando os alunos com competências para:

  • Resolver problemas no domínio da gestão de energia, energias renováveis, sustentabilidade energética e ambiental e modelação numérica
  • Conceber e projetar sistemas de climatização e refrigeração, integrando as mais recentes inovações tecnológicas e respeitando o enquadramento da legislação em vigor, nomeadamente o SCE (REH e RECS)
  • Assegurar a operação e manutenção de sistemas mecânicos

Legislação aplicável

Criado em 2015 (Despacho 6686/2015, DR, 2ªs, n.º 114 de 15 de junho)

Propinas e taxas 2021/2022

Candidatos nacionais: 1100 Euros

Candidatos internacionais*: 2000 Euros

Taxa de candidatura: 50 Euros

Taxa de Inscrição e Seguro Escolar: 175 Euros

Nota: A propina deste curso pode ser paga em 10 prestações, sendo a primeira no ato da matrícula e as restantes nos meses de outubro, novembro, dezembro, janeiro, fevereiro, março, abril, maio e junho.
 

* de acordo com o Decreto-lei n.º36/2014, alterado pelo Decreto-Lei nº 62/2018, de 6 de agosto, são considerados estudantes internacionais os nacionais de um estado que não seja membro da União Europeia e que residam legalmente em Portugal há mais de dois anos, de forma ininterrupta, em 1 de janeiro do ano em que pretendem ingressar no ensino superior.

As candidaturas aos cursos de Mestrado são efetuadas através do Portal de Candidaturas
 
Saídas Profissionais

A formação especializada permite o acesso a atividades regulamentadas pelas ordens profissionais, capacitando os alunos para o desempenho de uma prática profissional em:

  • Projeto de climatização e refrigeração
  • Auditorias e gestão energética
  • Gestão da manutenção em instalações
  • Investigação e desenvolvimento tecnológico