Apresentação
As PME representam mais de 95% das empresas em muitos países e exercem um papel preponderante nas suas economias. A maioria dos ciclos de estudos conducentes ao grau de mestre na área de gestão concentram-se em grandes empresas, enquanto as PME apresentam características e desafios específicos, que devem ser explorados e compreendidos de modo a desenvolver uma gestão mais eficaz e eficiente num ambiente de negócios cada vez mais complexo.

 

Neste sentido, o mestrado em Gestão de PME visa preencher uma lacuna na oferta de formações de segundo ciclo da Escola Superior de Gestão, Hotelaria e Turismo da Universidade do Algarve, em geral, e do Campus de Portimão, em particular, mas também a nível do país.

O curso de mestrado em Gestão de PME foi acreditado pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES) em julho de 2019 por um período de 6 anos.

Objetivos

O mestrado em Gestão de PME visa proporcionar uma formação distintiva, que privilegie o estudo das mais recentes tendências das ciências empresariais, com recurso a ferramentas digitais e sempre numa perspetiva de aplicação prática dos conceitos ao tecido empresarial, em particular às pequenas e médias empresas.

Simultaneamente, pretende-se que o Mestrado em Gestão de PME possa apoiar o desenvolvimento da região de influência da Universidade do Algarve, através de uma forte ligação às empresas e instituições regionais.

Legislação Aplicável

Criado em 2020 (Despacho 11563/2020, DR, 2ªs, n.º 228 de 23 de novembro)

Propinas e taxas 2021/2022

Candidatos nacionais: 3000 Euros (1.º ano- 2000 Euros; 2.º ano- 1000 Euros) 

Candidatos internacionais*: 4000 Euros (1.º ano- 2500 Euros; 2.º ano- 1500 Euros)

Taxa de candidatura: 50 Euros

Taxa de Inscrição e Seguro Escolar: 175 Euros

Nota: A propina deste curso pode ser paga em 10 prestações, sendo a primeira no ato da matrícula e as restantes nos meses de outubro, novembro, dezembro, janeiro, fevereiro, março, abril, maio e junho.
 

* de acordo com o Decreto-lei n.º36/2014, alterado pelo Decreto-Lei nº 62/2018, de 6 de agosto, são considerados estudantes internacionais os nacionais de um estado que não seja membro da União Europeia e que residam legalmente em Portugal há mais de dois anos, de forma ininterrupta, em 1 de janeiro do ano em que pretendem ingressar no ensino superior.

As candidaturas aos cursos de Mestrado são efetuadas através do Portal de Candidaturas.
 
Saídas Profissionais
  • Desempenho de funções de gestão e direção de PME, bem como de funções nas diversas áreas da gestão das PME, designadamente nas áreas de planeamento e estratégia, de gestão financeira, de marketing, de recursos humanos e de operações