Pergunta ao Gabinete de Relações Internacionais e Mobilidade (GRIM)

O Gabinete de Relações Internacionais e Mobilidade exerce as suas competências no domínio da promoção, do acompanhamento e do apoio operacional das atividades de cooperação e de internacionalização, em alinhamento com a estratégia da Universidade do Algarve (UAlg).

É ainda responsável por garantir o acolhimento e o apoio logístico de estudantes, docentes e investigadores internacionais que escolhem a UAlg.

Estudar na UAlg

Estudante internacional é aquele que não tem nacionalidade portuguesa (n.º 1, Art. 2º, Regulamento n.º 934/2019).

São estudantes internacionais, nacionais de um Estado Membro da União Europeia ou de um País Terceiro, que foram admitidos para fazer um grau completo de Licenciatura / Mestrado Integrado (1.º ciclo), de Mestrado (2.º ciclo) ou de Doutoramento (3.º ciclo) na UAlg.

  • Documento de identificação/Passaporte (válido)
  • Visto de Estudos/cartão de residente válido, se aplicável
  • Seguro de Saúde e internamento Hospitalar válido para Portugal e pelo período em que permaneça na UAlg
  • Comprovativo de morada no país de origem com o nome completo e a morada, preferencialmente, autenticado pelo posto consular
  • Diploma ou certificado académico atestando a obtenção do grau anterior ao que foi admitido. Atenção, esses documentos devem ser certificados através da Apostilha de Haia ou quando o país de origem não for signatário da Convenção de Haia deverá ser certificado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros
  • Boletim de vacinas atualizado

São estudantes internacionais, nacionais de um Estado Membro da União Europeia ou de um País Terceiro, que foram admitidos para fazer um período de mobilidade durante um, ou dois semestres, ao abrigo do Programa Erasmus+, de Protocolos de Cooperação, de Programas Nacionais (Almeida Garret e Vasco da Gama) ou outros.

É um estudante que já fez um período de mobilidade na UAlg, ao abrigo do Programa Erasmus+ e/ou Protocolo de Cooperação e que já não pode beneficiar desse “estatuto”; ou poderá tratar-se também de um estudante de uma Universidade com a qual não existe qualquer tipo de protocolo. Assim, qualquer estudante matriculado numa Instituição de Ensino Superior (IES) pode candidatar-se a mobilidade free mover na UAlg. Para esse efeito, a IES de origem deve efetuar a sua nomeação, por email, para international@ualg.pt. Posteriormente, é informado dos procedimentos para submissão da candidatura e do valor da taxa de inscrição e emolumentos associados.
Consulta mais informações na página das unidades curriculares isoladas.

É a sigla para Sistema Europeu de Transferência e Acumulação de Créditos (em inglês: European Credit Transfer and Accumulation System). O sistema ECTS foi concebido para facilitar a deslocação dos estudantes entre países e o reconhecimento das suas qualificações académicas e períodos de estudo no estrangeiro.

“Ciclo” refere-se ao nível de estudos conforme definido pelo Quadro Europeu de Qualificações (QEQ).

  • 1.º ciclo (licenciatura ou equivalente) QEQ 5/6
  • 2.º ciclo (mestrado ou equivalente) QEQ 7
  • 3.º ciclo (doutoramento ou equivalente) QEQ 8

O ano letivo tem início, normalmente, em setembro e termina em julho. O 1.º semestre inicia nas primeiras semanas de setembro e termina em janeiro; o 2.º semestre começa no início de fevereiro e termina no final de junho. Deverá ter em atenção que entre os semestres letivos existem três períodos de férias: Natal, Páscoa e verão (mês de agosto completo). Contudo, deverá sempre, obrigatoriamente, consultar o calendário académico, porque podem haver ajustes.

Em Portugal, "propina" significa a quantia paga para frequentar um estabelecimento de ensino superior.

Tratando-se de um estudante internacional, nacional de um país não europeu, deverá apresentar sempre com um visto de estudo que deve solicitar no posto consular no pais de origem. Para mais informações, recomendamos a consulta do Portal das Comunidades. Tratando-se de um cidadão não europeu, a residir num Estado Membro da União Europeia, com título de residência válido nesse país, deverá verificar que procedimento deverá acionar para permanecer na UAlg por mais de 90 dias.
Consulta mais informações na página do SEF em https://www.sef.pt/

O estudante titular de uma autorização de residência poderá solicitar alteração para ter autorização para exercer atividade profissional. O exercício de atividade profissional não deve colidir com a atividade académica. Este pedido é efetuado mediante agendamento para que o SEF emita um novo cartão com a menção “Permite o exercício de atividade profissional”. 

Consulta mais informações aqui.

Mobilidade incoming

Deverás ter atenção aos prazos de candidatura, documentos necessários e lista de disciplinas a que poderás candidatar-te como estudante de mobilidade.

Consulta toda a informação aqui.

Consulta quais os procedimentos e os documentos necessários aqui.

Se és um estudante inscrito numa Universidade e/ou Instituto Politécnico Português e desejas efetuar um período de mobilidade para frequência de um semestre e/ou um ano letivo na UAlg, poderás candidatar-te através dos Programas Almeida Garret e Vasco da Gama, respetivamente.

Consultar procedimentos aqui.

Poderá fazer um período de mobilidade para fins de estudo onde a duração mínima é três meses e a máxima de 12 meses, enquanto que, mobilidades para fins de estágio onde a duração mínima é de dois meses e a máxima de 12 meses.

A UAlg aceita candidaturas de estudantes ao abrigo do Programa Erasmus+, Protocolos Gerais de Cooperação, Mobilidade Nacional e Free Movers.

Uma vez submetida a candidatura, pode acompanhar o estado da mesma no programa de gestão de mobilidades da UAlg (facultado após a nomeação).

O GRIM disponibiliza uma check-list com tudo o que precisa saber antes, durante e depois de iniciar a sua mobilidade.

Pode consultar aqui.

O Learning Agreement (LA) é um documento, obrigatório, onde é definido o plano de estudos, ou o plano de estágios no estrangeiro, que deve ser assinado antes do início da mobilidade pelas três partes envolvidas:

  • Estudante
  • Pessoa responsável na instituição de origem
  • Pessoa responsável na instituição de acolhimento


As três partes que assinam o LA comprometem-se a cumprir todas as disposições incluídas no mesmo, assegurando deste modo que o período de estudos, ou de estágio, realizado no estrangeiro é devidamente reconhecido sem quaisquer requisitos adicionais.

Os “changes” ao LA são as mudanças de disciplinas que o estudante faz no plano de estudos inicialmente aprovado e que podem ocorrer durante o período de mobilidade. O estudante poderá solicitar essas alterações, num prazo de duas semanas após o início de cada semestre, e devem ser aprovadas, obrigatoriamente, pelas três partes:

  • Estudante
  • Pessoa responsável na instituição de origem
  • Pessoa responsável na instituição de acolhimento

É um documento essencial no processo do estudante emitido no final do período de mobilidade pela instituição de acolhimento que, posteriormente, envia à instituição de origem. É com base neste documento que são reconhecidos os resultados académicos obtidos pelo estudante durante o período de mobilidade.

É um documento, obrigatório, que comprova a frequência do estudante durante o período de mobilidade (início e fim) que deverá ser assinado, e carimbado, pela instituição de acolhimento (UAlg).

É um documento que algumas IES utilizam e que deverá ser assinado pela instituição de acolhimento (UAlg), no momento em que o estudante chega e no momento em que sai.

Logística

Durante os três primeiros meses da estadia, o cidadão não é obrigado a registar-se para obter um documento que ateste o seu direito de estadia, mas poderá fazê-lo voluntariamente na Câmara Municipal da sua área de residência.
Consulta mais informações na página do Alto Comissariado para as Migrações.

É um serviço de segurança integrado ao Ministério da Administração Interna (MAI) que tem por missão assegurar o controle dos cidadãos estrangeiros, gerir os documentos de viagem e de identificação e proceder à instrução dos processos de título de residência e prolongamento de vistos.
Consultar mais informações em https://www.sef.pt/

Deverá proceder ao agendamento através da marcação online, através de https://www.sef.pt/

O NIF é também conhecido como Número de Contribuinte e este documento identifica uma entidade fiscal contribuinte em Portugal. Poderá precisar de ter este número para vários fins, por exemplo: abertura de uma conta bancária; celebração de um contrato de internet ou de telefone, etc.). Para ter acesso a este documento deverá fazer o pedido junto do Serviço de Finanças, mais próximo da sua área de residência.
Consultar mais informações em http://www.portaldasfinancas.gov.pt

Qualquer cidadão estrangeiro em Portugal para abrir uma conta bancária precisa apresentar o NIF e comprovativo de morada. Como estudante da UAlg para abrir uma conta bancária, em Faro, precisa encontrar-se inscrito na UAlg (comprovativo de matrícula) e ter uma morada fixa para ter acesso aos benefícios da modalidade de conta universitária.
Para esse efeito, recomendamos que possa dirigir-se à um balcão da Caixa Geral de Depósitos (CGD) com todos os documentos indicados na checklist. A CGD oferece isenção de taxas ao estudante universitário, contudo, estudantes com idade superior a 25 anos, devem verificar as condições e taxas. Para mais informações, por favor, consulte https://www.cgd.pt/ No entanto, existem em Portugal outros bancos onde poderá abrir uma conta bancária.

Documentação necessária

  • Documento de identificação / Passaporte / Título de residência (se aplicável)
  • NIF
  • Comprovativo de matrícula
  • Comprovativo de residência (este comprovativo poderá ser da residência no país de origem, contudo, tratando-se de um cidadão europeu, o documento deverá encontrar-se em português, inglês, francês, italiano ou espanhol. Tratando-se de um cidadão não europeu, documento deverá estar traduzido para português ou inglês, e é altamente recomendável que seja autenticado pelo Consulado)

A moeda utilizada em Portugal é o Euro (€) e caso necessites de fazer alguma troca de dinheiro poderás dirigir-te a um banco ou a casas de câmbio

Recomendamos que para os primeiros dias em Faro, e enquanto procura alojamento, possa fazer uma reserva. Para o efeito poderá fazê-lo num hotel, hostel ou Pousada da Juventude

Todos os estudantes admitidos devem, obrigatoriamente, apresentar um seguro de saúde que poderá ser o PTBR-13 (antigo PB4), ou Cartão Europeu de Seguro de Doença, ou um seguro pessoal.

Tratando-se de um Full Student: deverá solicitar o número de utente e para esse efeito deve dirigir-se ao Centro de Saúde mais próximo, com os documentos de identificação para fazer registo no SNS (Sistema Nacional de Saúde). Mediante este número de utente poderá usufruir das taxas moderadoras caso de precise dirigir-se a um hospital públcio e/ou centro de saúde para ter assistência.

Viver na UAlg

Sim. Os Serviços de Ação Social (SAS) disponibilizam 9 residências universitárias, com 558 camas para estudantes de licenciatura e de mestrado. É dada prioridade aos estudantes nacionais com bolsas de ação social, obrigatório por lei, pelo que, as vagas para os estudantes internacionais são sempre um pouco mais limitadas. As residências universitárias encontram-se localizadas em Faro, Gambelas e Portimão e organizam-se em apartamentos e edifícios residenciais. O alojamento nas residências não é gratuito, sujeito ao pagamento de um valor mensal fixado anualmente e todos os estudantes devem obedecer, obrigatoriamente, ao regulamento das residências universitárias sob pena de expulsão.

Existem na UAlg duas cantinas universitárias (Gambelas e Penha), bem como, bares da cantina (saiba mais aqui). As cantinas universitárias servem almoços e jantares de segunda a sexta-feira, e ao sábado, apenas a cantina da Penha serve almoços. Poderá aceder às ementas semanais aqui.
Também são disponibilizados em alguns lugares dos campi, microondas para os estudantes que prefiram trazer comida de casa e precisem de a aquecer.

Sim. A UAlg abraçou o projeto Eco Bike que mediante o pagamento de uma caução, disponibiliza bicicletas de utilização gratuita e temporária que tem como principal objetivo a promoção de hábitos de atividade física e desportiva, incentivando formas de mobilidade sustentável.

Sim. Estão disponíveis para todos os estudantes inscritos na UAlg assistência médica em várias áreas de intervenção médica: clínica geral, enfermagem, psicologia e aconselhamento nutricional, mediante o pagamento de 1 Euro e marcação de consulta prévia. Paralelamente, a Universidade tem acordos contratuais nas áreas de atendimento odontológico, fisioterapia e quiropodia.
Consultar mais informações aqui.

A UAlg tem três campi: Penha, Gambelas e Portimão.
Consulta o mapa dos campi aqui.

Sim, nos campi poderá estudar nas salas de estudo que existem nas bilbiotecas. Por exemplo, no Campus de Gambelas há 368 lugares e 26 gabinetes de estudo e no Campus da Penha há 163 lugares e 8 gabinetes de estudo. Estes espaços possuem computadores à disposição dos estudantes. 
Existe também, no Campus da Penha, uma sala de estudo 24h para os estudantes que precisem ficar a estudar até mais tarde.

Em cada campi existe uma biblioteca e para poder requisitar livros deverá registar-se. Para esse efeito deverá estar inscrito (ter n.º aluno) e dirigir-se a um balcão da biblioteca apresentando o documento de identificação e cartão de estudante.

Consulta a página da biblioteca da UAlg aqui.

Sim. O Gabinete de Desporto dinamiza anualmente um programa de atividades denominado “Faz Desporto” para toda a comunidade académica.
Consultar todas as atividades disponíveis aqui.

Sim. A UAlg possui a Associação Académica da Universidade do Algarve (AAUAlg) composta por diversos Núcleos de Estudantes (estruturas organizativas que representam os estudantes). Existem também organizações específicas para estudantes internacionais, como a Erasmus Student Network (ESN), e o Núcleo de Estudantes Brasileiros (BRAAUAlg) que poderão apoiá-lo em todo o seu processo de integração na universidade e na cidade.

Sim. Existe o Voluntariado V+ que é um grupo de trabalho que envolve estudantes, professores, funcionários e investigadores da UAlg que organizam atividades voluntárias para ajudar a comunidade.

A UAlg oferece apoio à adaptação do estudante deslocado através do “Programa de Interculturalidade e Mindfulness” que tem como objetivo promover a adaptação e fomentar a atitude intercultural positiva, estimular as competências de Atenção Plena, desenvolver competências de comunicação e facilitar a expansão da rede de suporte social. Este tipo de programa existe em formato presencial e online.
Mais informações: robertogrupoterapia@gmail.com

Transporte

Existem várias formas de chegar em Faro. A excelente localização  da UAlg, situada a cerca de 3h30 de avião dos principais destinos europeus, a cerca de 2h30 de Lisboa, através da A2 e a menos de uma hora da Andaluzia, através da A22, poderá chegar até Faro por várias vias: aérea, viária, ferroviária e marítima.
Consultar mais informações em http://faro.pt/menu/477/como-chegar.aspx

Segundo a Lei n.º 22-A/2007 (art. 34º), o pedido de admissão temporária em Portugal (estudos, estágios, investigação, etc.) deve ser apresentado à Direção Geral das Alfândegas e dos Impostos Especiais sobre o Consumo (Alfândega da área de residência do interessado), via Portal das Finanças ou atendimento presencial (agendamento via telefone).

Documentação necessária
• Documento de identificação
• Número de Identificação Fiscal (NIF)
• Documentos do veículo (com indicação da marca, modelo e respetiva matrícula)
• Declaração da Universidade mencionando o tipo de vínculo e a devida duração
• Documento que comprove morada no país de origem (oficial)
• Preencher formulário próprio

Caso a viatura não esteja no nome do próprio existem outros documentos que deverão ser apresentados (por exemplo: certificado de residência do proprietário do veiculo; passaporte/doc. identificação; declaração autorizando a utilização da viatura, etc.), tenha atenção a isso e confirme sempre com as autoridades competentes.
Consultar mais informações aqui.

Existem autocarros da empresa “Próximo” que asseguram o transporte dentro da cidade de Faro, e em época de aulas de segunda a sexta-feira. Contudo, atenção aos fins de semana, e feriados, a circulação é reduzida. Para ir à Gambelas, os autocarros utilizados são números 18 e o 19. Por favor, verifique sempre os horários e percursos, porque podem sofrer alterações. Caso utilize o autocarro regularmente recomendamos que compre o passe mensal do “Próximo” que lhe concede descontos, ou em alternativa que adquira um passe pré-pago. Para mais informações, por favor, consulte o tarifário.

Sim, existem alguns benefícios oferecidos pela CP Portugal: desconto de 25% no bilhete jovem, bilhete promo – compra antecipada, desconto cartão jovem EYC. Para saber sobre todas as vantagens e como aderir, consulte https://www.cp.pt/passageiros/pt/descontos-vantagens/descontos
Além disso, existe o Comboio do Conhecimento: uma iniciativa promovida pelo Governo de Portugal para estudantes do ensino superior que estejam inscritos no primeiro ano em algum(a) Curso Técnico Superior Profissional, Licenciatura ou Mestrado Integrado e que tenham, pelo menos, 36 ECTS. O Comboio do Conhecimento dá ao estudante uma oportunidade única para viajar durante sete dias, gratuitamente, por Portugal beneficiando de descontos nas Pousadas da Juventude geridas pela Movijovem.

Poderá deslocar-se em território nacional através de autocarros Rede Expressos e Transportes EVA. Existem também os comboios através da empresa Comboios Portugal (CP) que assegura trajetos nacionais. Além disso, há o Faro Aeroporto.

 
 
 
Contactos

Gabinete de Relações Internacionais e Mobilidade

Campus de Gambelas, edifício 5

Telefone: +351 289 244 455

Email: international@ualg.pt