Turismo

Licenciatura
Ensino Universitário
Diurno
Idioma de Lecionação
Português
Unidade Orgânica
Escola Superior de Gestão, Hotelaria e Turismo
Área Temática
Economia, Gestão e Turismo
 
Apresentação

A licenciatura em Turismo visa:

  • Proporcionar uma formação adequada e indispensável ao processo de modernização do setor
  • Responder às solicitações que a nível internacional se fazem sentir, proporcionando abordagens críticas e inovadoras que facilitem a mobilidade cada vez maior dos profissionais de turismo
  • Contribuir para o desenvolvimento da capacidade de inovação do negócio turístico e para a compreensão da necessidade de um desenvolvimento sustentado das atividades turísticas
  • Dar a conhecer os conceitos e as características do turismo enquanto área académica e de estudo aplicado
  • Contribuir para um maior conhecimento do turismo nas comunidades recetoras (perceções; impactes sociais, culturais, económicos e ambientais; políticas e planeamento)
  • Conhecer as políticas comunitárias de desenvolvimento do turismo
  • Criar competências teórico-práticas durante o 1.º ciclo que permitam o acesso a especializações ao nível dos ciclos seguintes (2.º e 3.º ciclos)​​​​​​

Todos os cursos de 1.º ciclo da ESGHT têm a unidade curricular Estágio, obrigatória, no último ano da licenciatura, com a duração mínima de oito semanas (podendo prolongar-se até final de setembro). Os estágios têm como objetivo antecipar, fomentar e desenvolver a relação dos estudantes com o mercado de trabalho.

Os estágios são uma oportunidade de contacto com a realidade no mercado de trabalho e, como tal, a ESGHT tem apostado numa formação que contempla a vertente técnica do “saber fazer” (hard skills), mas também a de “saber ser” (soft skills). Procuramos todos os anos integrar no mercado de trabalho pessoas qualificadas com capacidade de trabalho em equipa, espírito de iniciativa e capazes de lidar com as exigências técnicas e humanas, em diferentes áreas organizacionais.

O estudante assume um papel ativo na angariação do próprio estágio, pois é ele que contacta as entidades formadoras. Aprende a dirigir-se às “empresas”, através da carta de apresentação, do curriculum vitae e da preparação para a entrevista. Em parceria com a entidade formadora, e tendo em conta as tarefas a desempenhar em estágio, o estudante planifica o seu estágio curricular de forma individualizada. Delineia as funções e tarefas que irá desempenhar e em que departamentos/setores da empresa/instituição irão decorrer. O estágio é um momento privilegiado de desenvolvimento vocacional, uma vez que permite a reflexão acerca do mundo do trabalho e das próprias características pessoais: aptidões, interesses, estilos de vida, valores. O estudante tem de ajustar de forma equilibrada as duas realidades: eu e o mundo do trabalho, de maneira a realizar a melhor escolha possível em termos de estágio.

A unidade curricular de Estágio é obrigatória no último ano do curso, tendo a duração de oito semanas, podendo prolongar-se caso o aluno e a organização manifestem interesse.

No ano letivo 2019/2020 encontravam-se inscritos 68 estudantes em estágio, no entanto e devido à pandemia da COVID-19, apenas 26 estudantes realizaram o seu estágio presencial em diferentes setores de atividades (Gráfico 1), 14 solicitaram autorização para realizar o estágio presencial no ano letivo de 2020-2021 e 18 optaram por realizar um trabalho final.

Gráfico 1

 

Os estágios presenciais decorreram principalmente na região do Algarve

Gráfico 2

Para além dos estágios curriculares, a ESGHT possibilita aos alunos a realização, desde o 1.º ano de curso, de estágios extracurriculares em contexto real de trabalho, que visam incentivar os estudantes a terem os primeiros contactos com o mundo empresarial e a testarem a sua orientação vocacional. Este modelo de estágio pode ser efetuado desde o primeiro ano, tem uma duração mínima de quatro semanas e figura no certificado do estudante como uma unidade curricular extracurricular. O estudante pode realizar um estágio extracurricular em todos os anos da licenciatura e é também acompanhado por um orientador obtendo avaliação qualitativa por parte da entidade e da ESGHT.

Em linhas gerais, o tipo de tarefas que se pretende que o estudante possa vir a desempenhar são as seguintes:

  • Contacto com público e entidades com interesse no turismo
  • Relações públicas
  • Integração de equipas de trabalho para o estudo de problemas previamente identificados​​​​​​
  • Apoio na realização de eventos

Legislação Aplicável

Alterado em 2020 (Aviso 10013/2020, DR, 2ª s , n.º 128 de  3 de julho)

A candidatura ao ensino superior público é feita anualmente através de concurso nacional e concursos especiais.
Documento
 
Saídas Profissionais
  • Técnico superior de turismo
  • Técnico de turismo de agência de viagens, operadores turísticos e transportes
  • Diretor de marketing e operações
  • Diretor de promoção do destino/local 
  • Responsável pelo planeamento turístico
  • Gestor de destino turístico
  • Consultor júnior em turismo

Principais empregadores:

  • Agência de viagens
  • Operador turístico e de transportes
  • Entidades regionais de turismo
  • Autarquias e associações de municípios
  • Associações de desenvolvimento regional/local
  • Empresas de alojamento
  • Outras empresas turísticas (organização de eventos, animação turística)