Gestão - Regime Noturno

Licenciatura
Ensino Politécnico
Noturno
Idioma de Lecionação
Português
Unidade Orgânica
Escola Superior de Gestão, Hotelaria e Turismo
Área Temática
Economia, Gestão e Turismo
 
Apresentação

Objetivos

  • Qualificar os alunos como gestores de organizações (lucrativas e não lucrativas, públicas e privadas), capazes de diagnosticar situações de diferente natureza, prosseguir objetivos específicos e avaliar desempenhos nas várias áreas da Gestão
  • Dotar os alunos de ferramentas científicas e técnicas de suporte às tarefas requeridas, quer pelos empregadores, quer numa ótica de constituição e desenvolvimento da própria empresa
  • Proporcionar competências nos domínios da Gestão em geral, nomeadamente da Gestão de Recursos Humanos, da Gestão Financeira, da Contabilidade e Fiscalidade, do Direito, do Marketing e das Línguas e Comunicação, entre outras
  • Possibilitar uma boa inserção no mercado de trabalho fundamentalmente através da realização de estágio curricular
  • Estimular e desenvolver nos alunos capacidades que lhes permitam desempenhar um papel de agentes de mudança nas organizações, de forma criativa e inovadora, bem como aptidões para o empreendedorismo
  • Desenvolver as competências teórico-práticas que possibilitem aos alunos evoluir para uma especialização ao nível dos ciclos seguintes (2.º e 3.º ciclos)
  • Dotar os alunos da formação reconhecida como suficiente pela OCC para o acesso à profissão de contabilista certificado

Todos os cursos de 1.º ciclo da ESGHT têm a unidade curricular Estágio, obrigatória, no último ano da licenciatura, com a duração mínima de oito semanas (podendo prolongar-se até final de setembro). Os estágios antecipam, fomentam e desenvolvem a relação dos estudantes com o mercado de trabalho.

O estudante assume um papel ativo na angariação do próprio estágio, pois é ele que contacta as entidades formadoras. Aprende a dirigir-se às “empresas”, através da carta de apresentação, do curriculum vitae e da preparação para a entrevista. Em parceria com a entidade formadora, e tendo em conta as tarefas a desempenhar em estágio, o estudante planifica o seu estágio curricular de forma individualizada. Delineia as funções e tarefas que irá desempenhar e em que departamentos/setores da empresa/instituição irão decorrer. O estágio é um momento privilegiado de desenvolvimento vocacional, uma vez que permite a reflexão acerca do mundo do trabalho e das próprias características pessoais: aptidões, interesses, estilos de vida, valores. O estudante tem de ajustar de forma equilibrada as duas realidades: eu e o mundo do trabalho, de maneira a realizar a melhor escolha possível em termos de estágio.

Os primeiros estágios da ESGHT- Universidade do Algarve decorreram durante ano letivo de 1988-1989, eram apenas 10 alunos do curso de Gestão. Uma década depois já tínhamos a estagiar, principalmente na região do Algarve, 560 alunos dos diferentes cursos. Atualmente o número total de alunos está muito próximo dos 10.000 (dez mil), em diferentes áreas geográficas.

Gráfico 1

A unidade curricular de Estágio é obrigatória no último ano do curso, tendo a duração de oito semanas, podendo prolongar-se caso o aluno e a organização manifestem interesse. Para além dos estágios curriculares, a ESGHT possibilita aos alunos a realização, desde o 1º ano de curso, de estágios extracurriculares em contexto real de trabalho.

Os estágios são uma oportunidade de contacto com a realidade no mercado de trabalho e, como tal, a ESGHT tem apostado numa formação que contempla a vertente técnica do “saber fazer” (hard skills), mas também a de “saber ser” (soft skills). Procuramos todos os anos integrar no mercado de trabalho pessoas qualificadas com capacidade de trabalho em equipa, espírito de iniciativa e capazes de lidar com as exigências técnicas e humanas, em diferentes áreas organizacionais.

Gráfico 2

Anualmente a ESGHT monitoriza a satisfação com o estágio e com a empresa por parte do estudante e por parte do docente orientador, e é com orgulho que verificamos que as empresas e entidades formadoras reconhecem a excelente formação e o desempenho altamente qualificado dos nossos estudantes, classificando-os consistentemente com apreciações globais de Muito Bom, nos últimos três anos letivos. É de realçar que após a conclusão do estágio muitos estudantes ficaram a trabalhar na organização onde realizaram o estágio.

Desde 2010/2011, a ESGHT oferece, também, estágios extracurriculares, que visam incentivar os estudantes a terem os primeiros contactos com o mundo empresarial e a testarem a sua orientação vocacional. Este modelo de estágio pode ser efetuado desde o primeiro ano, tem uma duração mínima de quatro semanas e figura no certificado do estudante como uma unidade curricular extracurricular. O estudante pode realizar um estágio extracurricular em todos os anos da licenciatura e é também acompanhado por um orientador obtendo avaliação qualitativa por parte da entidade e da ESGHT.

A ESGHT tem um protocolo com a Ordem dos Contabilistas Certificados (OCC) que permite que o estágio curricular seja equiparado a estágio profissional para efeitos de acesso à ordem. Este estágio tem a duração de 6 meses e é necessariamente acompanhado por um docente da área da contabilidade, fiscalidade ou finanças.

Os conteúdos definidos no plano de estágio, previamente acordado entre a ESGHT e a organização onde o estudante irá realizar o seu estágio, estão relacionados com as áreas científicas do curso. Pretende-se que o estagiário:

  • Desempenhe funções de gestão ou de apoio à gestão de elevado nível, que não se circunscrevam à mera execução de atividades rotineiras
  • Desenvolva atividades nas diversas áreas da gestão, com especial ênfase nas áreas financeira, de marketing e de pessoal
  • Execute um plano de estágio que lhe permita conhecer a organização de forma abrangente

Legislação Aplicável

Alterado em 2020 (Aviso 10072/2020, DR, 2ª s, n.º 129 de 6 de julho)

A candidatura ao ensino superior público é feita anualmente através de concurso nacional e concursos especiais.
Documento
 
Saídas Profissionais
  • Funções profissionais de gestão em empresas ou outras organizações, a nível de planeamento e estratégia, de contabilidade e fiscalidade, de gestão financeira, de gestão comercial e marketing, de gestão de recursos humanos e de controlo de gestão
  • Funções de assessoria, direção e gestão em qualquer setor de atividade
  • Funções de gestor do próprio negócio numa perspetiva de empreendedorismo

Principais empregadores:

  • Grandes empresas e PME de diversos setores económicos
  • Empresas de auditoria e consultoria
  • Instituições financeiras e seguradoras
  • Gabinetes de contabilidade
  • Administração pública, central e local
  • Outras organizações