Apresentação
O curso de mestrado em Biologia Marinha apresenta condições únicas na Universidade do Algarve, pois dispõe um corpo docente fixo com doutoramento em regime tempo integral com formação internacional nas áreas das Ciências Biológicas e na área das Ciências do Mar.

O curso de mestrado em Biologia Marinha apresenta condições únicas na Universidade do Algarve, pois dispõe um corpo docente fixo com doutoramento em regime tempo integral com formação internacional nas áreas das Ciências Biológicas e na área das Ciências do Mar. Além disso, possui instalações e recursos materiais e humanos que valorizam o mestrado, como um centro de mergulho científico, laboratórios experimentais de organismos marinhos (LEOA) e estação de campo (Estação do Ramalhete), recursos naturais na proximidade: Ria Formosa, Estuário do Guadiana, costas arenosas e rochosas, nomeadamente na Costa Vicentina. Este mestrado beneficia ainda para o seu funcionamento da partilha de unidades curriculares e interação com outros mestrados internacionais e da investigação científica na área da Biologia e Ciências do Mar associado a centros de investigação com excelentes indicadores a nível de produção cientifica e projetos, na área da Biologia Marinha, nomeadamente o Centro de Ciências do Mar (CCMAR), o qual obteve a classificação de EXCELENTE na última avaliação realizada pela Fundação para a Ciências e Tecnologia. Existe ainda um segundo centro de investigação, Centro de Investigação Marinha e Ambiental (CIMA), que tem valências complementares de excelência, em particular a nível de Ecotoxicologia e Dinâmica Costeira.

Objetivos

  •  Promover formação avançada multidisciplinar em Biologia Marinha
  • Conferir competências para a análise e compreensão dos oceanos, através de abordagens especializadas, incluindo técnicas moleculares até deteção remota
  • Desenvolver aplicações inovadoras de gestão, conservação e exploração dos ecossistemas marinhos

Competências

Capacidade de colocar em prática os conhecimentos biológicos e do ecossistema marinho, em áreas como a conservação, aproveitamento dos recursos pesqueiros e biotecnologia.

Legislação Aplicável

O curso foi criado em 2006 (Deliberação n.º 1204/2006, publicada no DR, 2ª s, n.º 177, de 13 de setembro) e alterado em 2009 (Despacho n.º 19712/2009, publicado no DR, 2ª s, n.º 166, de 27 de agosto), em 2012 (Despacho n.º 9306/2012, publicado no DR, 2ª s, n.º 132, de 10 de julho de 2012) e em 2015 (Aviso n.º 10845/2015, publicado no DR, 2ª s, n.º 187, 24 de setembro de 2015), alterado em 2020 (Avisto 12671/2020, DR, ª s, n.º 169 de 31 de agosto).

Propinas e taxas 2021/2022

Candidatos nacionais: 1100 Euros

Candidatos internacionais*: 4000 Euros

Taxa de candidatura: 50 Euros

Taxa de inscrição e seguro escolar: 175 Euros

Nota: A propina deste curso pode ser paga em 10 prestações, sendo a primeira no ato da matrícula e as restantes nos meses de outubro, novembro, dezembro, janeiro, fevereiro, março, abril, maio e junho.

* de acordo com o Decreto-lei n.º36/2014, alterado pelo Decreto-Lei nº 62/2018, de 6 de agosto, são considerados estudantes internacionais os nacionais de um estado que não seja membro da União Europeia e que não residam legalmente em Portugal há mais de dois anos, de forma ininterrupta, em 1 de janeiro do ano em que pretendem ingressar no ensino superior.

As candidaturas aos cursos de Mestrado são efetuadas através do Portal de Candidaturas.
 
Saídas Profissionais
  • Aplicação prática de conhecimentos biológicos e do ecossistema marinho, em áreas como a conservação, aproveitamento dos recursos pesqueiros e biotecnologia, podendo desempenhar funções de técnicos superiores de Serviços de Ambiente da Administração Local e Central, técnicos/assistentes de investigação em equipas de I&D funções e de assessoria/consultadoria, tanto em entidades públicas como privadas, ou em regime liberal, a nível da colaboração em estudos de impacto ambiental e monitorização de ecossistemas marinhos.
  • Será também possível aos alunos com uma formação de 2.º ciclo completa, o estabelecimento de novas empresas, especialmente em áreas de inovação tecnológica, produtos naturais, ecoturismo, educação ambiental. A continuação da sua formação para o 3 ciclo ou doutoramento será também possível.