Apresentação
A Licenciatura em Sociologia da Faculdade de Economia da Universidade do Algarve tem a acreditação (sem condições) da Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior.

Estudar Sociologia é uma experiência fascinante, pois desenvolve a capacidade de olhar para o mundo que nos rodeia de uma forma diferente, de questionar o óbvio, de descobrir o estranho no familiar.

A Sociologia é uma ciência social que se interessa por uma vasta gama de questões, desde a vida íntima até às dinâmicas sociais globais, como por exemplo a globalização.

Atualmente, os sociólogos são procurados para desempenharem inúmeras atividades, nomeadamente estudos de opinião e de mercado, intervenção social junto de populações desfavorecidas, avaliação de políticas públicas, planeamento e gestão do território, gestão de recursos humanos, cooperação para o desenvolvimento, entre outros.

A Licenciatura em Sociologia da Faculdade de Economia da Universidade do Algarve oferece uma formação atual, centrada nas grandes questões socias da contemporaneidade, que combina conteúdos de natureza teórica com conteúdos de natureza metodológica.

Ao longo do curso, os estudantes têm a possibilidade de se familiarizarem com práticas de investigação científica, de contatarem com o mercado de trabalho, de frequentar unidades curriculares em Universidades estrangeiras, de praticarem desporto e de desenvolverem atividades culturais e de lazer.
 

Objetivos

  • Promover a aquisição de competências e saberes teóricos, metodológicos e conceptuais próprios do conhecimento sociológico, assumindo que esta forma de conhecimento científico é essencial à compreensão das sociedades modernas, das suas características intrínsecas e dos processos de mudança social.
  • Proporcionar uma sólida formação instrumental de base em Sociologia remetendo para os níveis de formação pós-graduada a definição de uma especialização.
  • Oferecer uma formação assumidamente multidisciplinar e atual, em conformidade quer com os novos paradigmas científicos das Ciências Sociais, quer com a volatilidade das exigências do mercado de trabalho.
  • Contribuir para um desenvolvimento social e económico equilibrado e sustentável através da formação humana, científica e cultural dos recursos humanos.
  • Valorizar o exercício de uma cidadania crítica através de uma aturada reflexão em torno das principais problemáticas globais, nacionais e regionais.
     

Organização do ciclo de estudos

A Licenciatura em Sociologia tem a duração de 3 anos letivos (6 semestres). Em cada semestre o aluno frequenta 5 unidades curriculares, beneficiando de metodologias de ensino/aprendizagem diversificadas, que privilegiam o desenvolvimento de competências científicas e técnicas a par de várias competências transversais, bastante valorizadas pelo mercado de trabalho, como por exemplo o pensamento crítico, a capacidade de comunicação, de liderança, de trabalhar em equipa, entre outras. Nos dois primeiros anos letivos privilegia-se uma formação de base assente nas teorias sociológicas, nos métodos e técnicas de investigação sociológica e nos temas centrais da sociologia. Por sua vez, no último ano letivo privilegia-se as sociologias especializadas, onde se incluem a sociologia da família, a sociologia das organizações, a sociologia do turismo, entre outras. Os dois últimos semestres integram unidades curriculares optativas, que são anualmente definidas em função das disponibilidades do corpo docente e dos interesses dos estudantes.

Legislação Aplicável

Alterado em 2019 (Aviso 12326/2019, DR, 2ª s, n.º 146 de 1 de agosto)

A candidatura ao ensino superior público é feita anualmente através de concurso nacional e concursos especiais.
Documento
 
Saídas Profissionais
  • Instituições estatais e serviços centrais de planeamento e ordenamento do território, da educação, da justiça, da habitação, da segurança social, da saúde, da cultura, de estatística e demografia
  • Organismos regionais de planeamento e ordenamento urbano ou do território, autarquias, direções regionais do ambiente, da saúde, da segurança social, do ensino, da cultura, do turismo
  • Empresas em geral e, em particular, aquelas que atuam nos domínios dos estudos de opinião e de mercado, da prospeção da opinião pública, da comunicação e da arte
  • Departamentos empresariais nas áreas dos recursos humanos, assessoria, imagem, planeamento estratégico
  • Organizações não governamentais e IPSS com atuação nas áreas sociais