Apresentação
A licenciatura em Agronomia proporciona uma visão integradora de conhecimentos em diversas áreas como as ciências básicas (biologia, química, física, matemática), ciências do ambiente, ciências agrárias, ciências de engenharia e ciências económicas e empresariais. São contemplados todos os grandes domínios relacionados com as diferentes etapas envolvidas na produção agrícola, com especial ênfase na horticultura, fruticultura, agricultura biológica, culturas arvenses, zootecnia, controlo de qualidade, pós-colheita, economia e gestão da empresa agrícola. O curso tem a duração de 3 anos, o que corresponde a 180 ECTS.

Objetivos

Este curso tem como objetivo a formação de profissionais na área das Ciências Agrárias, que aliem a sensibilidade para as questões ambientais, de saúde pública e sociais, com a dinâmica e empreendedorismo indispensável a qualquer atividade económica.  

Competências

Formação abrangente, que permite seguir vários rumos de especialização e confere a capacidade e a versatilidade necessárias para responder com sucesso às constantes alterações sociais e ao aparecimento de novas oportunidades de trabalho.

A formação proporcionada nas áreas da produção, da economia e da gestão da empresa agrícola, confere aos licenciados os conhecimentos e espírito empreendedor necessários ao técnico superior de qualquer exploração agrícola moderna.

Dada a abrangência da formação, a licenciatura em Agronomia fornece as bases para a prossecução da formação em estudos de 2.º ciclo em áreas muito diversas.  

História

Os cursos de licenciatura na área da Agronomia são dos mais antigos da UAlg tendo funcionado pela primeira vez no ano letivo 1983/84.

O curso de licenciatura em Agronomia foi criado em 2003 (Deliberação do Senado SU-3/2003, de 25 de fevereiro) e adaptado a Bolonha em 2006 (Deliberação n.º 1286/2006, publicada no DR, 2.ª s, n.º 184, em 22 de setembro de 2006), alterado em 2012 (Despacho n.º 10146/2012, publicado no DR, 2ª s, n.º 145, em 27 de julho), retificado em 2013 (Dec de retificação n.º 517/2013, publicada no DR, 2ª s, n.º 80, 24 de abril), alterado em 2015 (Aviso n.º 11063/2015, publicado no DR, 2ª s, n.º 191, 30 de setembro) e alterado em 2018 (Aviso n.º 12821/2018, pub DR, 2ª s, n.º 172, 6 de setembro de 2018).

A candidatura ao ensino superior público é feita anualmente através de concurso nacional e concursos especiais.
Documento
 
Saídas Profissionais
  • Empresas agrícolas convencionais e de produção biológica
  • Viveiros de plantas agrícolas e ornamentais
  • Implantação e manutenção de jardins e de espaços verdes, de lazer ou desportivos
  • Gestão de empresas ou de cooperativas agrícolas e de associações de agricultores
  • Comercialização de produtos e serviços para a agricultura e para a jardinagem
  • Laboratórios de apoio à agricultura e ao setor agroalimentar
  • Empresas de controlo e certificação do setor agroalimentar
  • Ensino e formação profissional agrários
  • Investigação agrária