Apresentação
O Mestrado em Turismo contribui para a valorização das capacidades académicas e de desempenho profissional de jovens licenciados, que pretendam ampliar conhecimentos e direcionar o seu percurso profissional, e de profissionais, interessados em desenvolver competências científicas e técnicas na área do turismo.

Objetivos

  • Desenvolver competências científicas e técnicas nos domínios do turismo, fundamentais a um desempenho profissional eficiente, criativo e inovador
  • Promover o aprofundamento de conhecimento nos domínios científicos relacionados com o turismo
  • Potenciar e/ou desenvolver competências e comportamento, proporcionando aos mestrandos o domínio de técnicas que lhes permitam gerir atividades turísticas ou relacionadas com o turismo
  • Preparar os estudantes para a resolução criativa de problemas, antecipando tendências no setor do turismo
  • Capacitar para o exercício de funções de gestão de topo, especializadas numa das áreas oferecidas no curso: Marketing Turístico; Turismo, Cultura e Património; Gestão de Operações; Gestão de Infraestruturas Turísticas
  • Contribuir para a formação na área do turismo, de profissionais de outros sectores de atividade

Últimas Edições

  1ª edição
(2016/18)
2ª edição
(2017/19)    
3ª edição
(2018/20)
4ª edição
(2019/21)
5ª edição
(2020/22)
Número de candidatos 27 36 24 21 45
Número de inscritos 20 30 20 12 28

 

O mestrado está organizado em quatro ramos de especialização:

Legislação Aplicável

Criado em 2015 (Despacho 8087/2015, DR, 2ªs, n.º 142 de 23 de julho)

Propinas e taxas 2021/2022

Propina candidatos nacionais: 3000 Euros (1.º ano- 2000 Euros; 2.º ano- 1000 Euros) 

Propina candidatos internacionais*: 4000 Euros (1.º ano- 2500 Euros; 2.º ano- 1500 Euros)

Taxa de candidatura: 50 Euros

Taxa de Inscrição e Seguro Escolar: 175 Euros

Nota: A propina deste curso pode ser paga em 10 prestações, sendo a primeira no ato da matrícula e as restantes nos meses de outubro, novembro, dezembro, janeiro, fevereiro, março, abril, maio e junho.

* de acordo com o Decreto-lei n.º36/2014, alterado pelo Decreto-Lei nº 62/2018, de 6 de agosto, são considerados estudantes internacionais os nacionais de um estado que não seja membro da União Europeia e que residam legalmente em Portugal há mais de dois anos, de forma ininterrupta, em 1 de janeiro do ano em que pretendem ingressar no ensino superior.

As candidaturas aos cursos de Mestrado são efetuadas através do Portal de Candidaturas.
 
Saídas Profissionais

O mestrado em Turismo permite aos diplomados o exercício de funções em organismos públicos ou no setor privado na área do turismo ou em áreas de atividades relacionadas, a nível nacional, regional ou local e a nível internacional. As competências adquiridas permitem um entendimento profundo da indústria e dos fenómenos turísticos e privilegiam a aplicação de técnicas e ferramentas avançadas na análise estratégica e na tomada de decisão.

A possibilidade de escolha de uma área de especialização proporciona a preparação científica e técnica para o exercício da profissão em áreas e serviços mais direcionados para a atividade turística numa abordagem de marketing, associada à gestão cultural ou de operações turísticas ou ainda na área da gestão das infraestruturas turísticas.